Killer Klowns: Vibração positiva e boas doses de diversão

Resenha - Rollercoaster Ride - Killer Klowns

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

8


Aí, mais uma estreia para o público amante do Hard Rock made in Brazil! O Killer Klowns pode ser um novato na cena de Minas Gerais – iniciou suas atividades na Uberlândia de 2007 – mas vem trabalhando com afinco e já deu importantes passos para a divulgação de seu nome. Após duas demos, alguns ajustes em sua formação e cerca de 150 apresentações nos últimos três anos, enfim temos este caprichado debut chamado "Rollercoaster Ride" sendo liberado.

Assim como tantas outras bandas do gênero, o Killer Klowns tem como parâmetro o Hard Rock clássico, aproximando-se do que foi oferecido entre o final dos anos 70 e primeira metade da década seguinte – inclusive nas indumentárias, devidamente espalhafatosas. Ou seja, "Rollercoaster Ride" possui como alicerce uma real distorção, mas carregado de vibração positiva e boas doses de diversão.

publicidade

Sem nenhum tipo de excesso, os músicos são muito bons a que se propõe. Riffs bem estruturados, uma cozinha atuante e um vocalista que se impõe com força e naturalidade elevaram a viscosa faixa-título ao patamar de grande destaque, mas também se sobressaem a abertura "Until The End", "Everytime", a ótima balada "Save Your Tears (From Yourself)" e ainda "Southern Flight".

publicidade

O próprio Killer Klowns assinou a produção e novamente fez um bom trabalho, garantindo um áudio cru, com todos os instrumentos aparecendo satisfatoriamente – o timbre do contrabaixo está incrível – e valorizando a abordagem mais pesada que a banda possui como guia, fator que sempre contará consideráveis pontos a favor entre o público rock´n´roller.

publicidade

Contando com o apoio do Programa de Incentivo à Cultura de Uberlândia, o Killer Klowns seguiu adiante e também está alcançando terras européias e norte-americanas através dos selos Heart of Steel Records (Itália) e Metal Messiah Records (EUA). Muito bom, e melhor ainda é perceber que os mineiros estão apenas testando as potencialidades de sua música... Ou seja, há muito a ser oferecido no futuro!

http://www.facebook.com/messages/100000033682015

publicidade

Contato:
http://www.killerklowns.com.br
http://www.myspace.com/KillerFuckinKlowns

Formação:
William - voz
Teets - guitarra
P.C. - baixo
Baby - bateria

Killer Klowns - Rollercoaster Ride
(2012 / Heart Of Steel Records – nacional)

publicidade

01. Until The End
02. Rollercoaster Ride
03. Everytime
04. Addicted To Her
05. Years Gone By
06. Wild Place
07. You Can’t Win It All
08. Save Your Tears (From Yourself)
09. Southern Flight
10. Love Burns
11. Don’t Take My Heart


Outras resenhas de Rollercoaster Ride - Killer Klowns

Killer Klowns: Qualidade e profissionalismo acima da média

Killer Klowns: Acessível, mas nada que tocaria em uma rádio




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Cinema: As 10 melhores aparições de bandas em filmesCinema
As 10 melhores aparições de bandas em filmes

Oops!: 10 erros eternizados em gravações de clássicosOops!
10 erros eternizados em gravações de clássicos


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin