Matérias Mais Lidas

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs

imagemMark Tremonti, do Alter Bridge, revela que é grande fã de lendária banda de metal

imagemO que Adrian Smith descobriu ao retornar ao Iron Maiden

imagemO dia que os membros do Black Sabbath foram amaldiçoados por uma seita satânica

imagemShavo Odadjian, baixista do System Of A Down, conta quais álbuns mudaram sua vida

imagemNick Mason relembra a época que o Pink Floyd desastrosamente tentou tocar reggae

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemNicko McBrain, do Iron Maiden, mostra o seu novo (e enorme) kit de bateria

imagemMarcello Pompeu agradece mobilização de fãs

imagemAs composições de Paul McCartney nos Beatles preferidas de John Lennon

imagem"Eu não tinha ideia de quão grande o Maiden iria ficar", diz Bruce Dickinson

imagemIntegrantes do Rush relembram a época que abriram shows para o Kiss, em 1975


Death Destruction: Groove Metal com dois ex-Evergrey

Resenha - Death Destruction - Death Destruction

Por Guilherme Rocha Thielen
Em 04/06/12

Nota: 7

DEATH DESTRUCTION foi fundado em 2004 como um despretensioso projeto do guitarrista Henrik Danhage e do baterista Jonas Ekdahl, ambos ex-membros da ótima banda de Metal Progressivo, EVERGREY. O projeto que também conta com o baixista, Fredrik Larsson (também ex-EVERGREY) e o regular vocalista Jimmie Strimell (ex- Nightrage), começou a ganhar força e conseqüentemente tomando tempo dos envolvidos, culminando na saída dos integrantes de suas respectivas bandas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E tendo todos os membros focados somente no DEATH DESTRUCTION, os caras conseguiram lançar enfim, o primeiro álbum em 2011, que leva o mesmo nome do grupo. Diria que esse projeto foi um erro para os membros que decidiram deixar o EVERGREY (que saíram por vontade própria, não houve nenhum atrito com os outros integrantes), pois nenhum deles desempenha um trabalho brilhante como desempenhavam na sua antiga banda, até porque o som dos caras limita-se a um Groove Metal feijão com arroz, bem simples.

Apesar de ter excelentes músicos, o álbum que contém 11 músicas, fica na mesmice, desda primeira música. Não existe riffs marcantes e o excepcional baterista (se o leitor ouviu o "Inner Circle" do EVERGREY sabe o quanto esse batera toca) parece aprisionado em uma fórmula nada criativa. Músicas boas? Existem sim! O riff inicial de "Mark my Words" é muito bom, assim como o resto da música que possui um bom clipe, e a cadenciada, "Day of Reckoning" é uma boa canção também, entretanto, somente essas duas faixas que se destacam.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

É uma pena ver talentos sendo desperdiçados, fazendo um som estagnado, sem muita criatividade. Enfim, o álbum vai agradar apreciadores de LAMB OF GOD, HELLYEAH e afins.

Line-Up:

Fredrik Larsson - Baixo
Jonas Ekdahl - Bateria
Henrik Danhage - Guitarras
Jimmie Strimell - Vocal

Death Destruction – Death Destruction

1.The Shredding March
2.Kill It!
3.Fuck Yeah
4.Silence
5.Mark Your Words
6.Hellfire
7.Day Of Reckoning
8.Purified
9.Chained In Thoughts
10.Sea Of Blood
11.Kingdom Come

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Guilherme Rocha Thielen

Guilherme Rocha Thielen nasceu em 1991, em Ararangua, mas mora em Florianópolis. Fã de Legião Urbana, Metallica, Iced Earth e viciado em traduções curte Heavy Metal desde pequeno. Atualmente escuta varios estilos do Metal, principalmete Metalcore, Folk, e Melodic Death Metal. Quando sobra um tempo contribui para o Whiplash! com traduções de matérias.

Mais matérias de Guilherme Rocha Thielen.