Resenha - Weather Systems - Anathema

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Genilson Alves
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


No início da década de 1990, a chamada "profana trindade" do death/doom inglês - formada por Paradise Lost, My Dying Bride e Anathema - influenciava toda uma geração do metal ao trazer para os domínios mais extremos do estilo elementos de música erudita, progressiva e gótica. Tal mistura de gêneros não era inédita - vide o clássico de 1987 "Into The Pandemonium" do Celtic Frost -, mas foi elevada a níveis jamais imaginados até então. Das três formações, o Anathema talvez tenha sido a menos consagrada, mas com os anos provou ser a mais íntegra e comprometida com a proposta de sempre inovar e evoluir. Alheia às pressões externas, perdeu alguns fãs pelo caminho, mas angariou muitos outros, dispostos a crescer com a banda e a descobrir novos horizontes musicais.

Curiosidade: artistas que odeiam suas próprias músicasHall Of Fame: 500 Músicas Que Marcaram o Rock and Roll

"Weather Systems", 11º registro de inéditas do Anathema, mostra o conjunto flertando cada vez mais com o progressivo e o post-rock, apesar de não ser possível enquadrá-lo em nenhuma dessas categorias, isso porque o grupo construiu uma identidade que o torna reconhecível independentemente do estilo que estiver executando.

A abertura com "Untouchable" (partes I e II) convida a uma experiência quase onírica pelas nove faixas do play, despertando no ouvinte sentimentos de nostalgia, esperança e redenção; "The Gathering Of The Clouds" serve como introdução para "Lightning Song", um show à parte da vocalista Lee Douglas, que, aliás, tem papel de destaque em "Weather Systems", e sua performance é um dos pontos altos do trabalho; a bela e contagiante "Sunlight" segue a linha post-rock de nomes como Mogwai e God Is An Astronaut; "The Storm Berfore The Calm" começa com uma pegada bem eletrônica, e culmina num dos momentos mais progressivos do álbum; "The Beginning And The End" é o primeiro single e remete ao que o Anathema fazia num passado não muito distante; "The Lost Child" é a mais melancólica e tem uma introdução que lembra a música tema do ótimo filme "O Labirinto do Fauno"; fechando a audição, temos a brilhante "Internal Landscapes", uma das composições mais inspiradas da carreira do grupo.

Sério candidato a álbum do ano, "Weather Systems" é a consagração do Anathema como uma das melhores bandas da atualidade, e mostra que seu objetivo, antes de tudo, é fazer música de qualidade, livre das amarras de qualquer tipo de rótulo.

Faixas:

Untouchable Part 1
Untouchable Part 2
The Gathering Of The Clouds
Lightning Song
Sunlight
The Storm Before The Calm
The Beginning And The End
The Lost Child
Internal Landscapes


Outras resenhas de Weather Systems - Anathema

Anathema: cativam qualquer apreciador da boa músicaAnathema: Música de qualidade acima de tudo




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Anathema"


Opeth: Fã de Metal só quer saber de ter seu McLanche FelizOpeth
"Fã de Metal só quer saber de ter seu McLanche Feliz"

Headbanger também chora: Músicas para (não) curtir uma fossaHeadbanger também chora
Músicas para (não) curtir uma fossa

Anathema: ao lado de Stephen Hawking em canção do Pink FloydAnathema
Ao lado de Stephen Hawking em canção do Pink Floyd


Curiosidade: artistas que odeiam suas próprias músicasCuriosidade
Artistas que odeiam suas próprias músicas

Hall Of Fame: 500 Músicas Que Marcaram o Rock and RollHall Of Fame
500 Músicas Que Marcaram o Rock and Roll

Iron Maiden: o passado vergonhoso registrado em fotosIron Maiden
O passado vergonhoso registrado em fotos

Sexo e Satã: as mensagens subliminares em capas de Rock / MetalAlfabeto do Rock: as 15 melhores músicas de MetalKerry King: terroristas demoraram pra atacar shows de rockRock e Metal: Algumas das melhores duplas de guitarristas

Sobre Genilson Alves

Genilson Alves é jornalista e autor do blog Radio Sehnsucht.

Mais matérias de Genilson Alves no Whiplash.Net.