Resenha - Paralysis Engulfed the Myth - Abidetherein

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Christiano K.O.D.A.
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Bandas de Black Metal existem aos milhares, nascidas em berços consagrados como Noruega e Suécia, para citar alguns países. Agora, e quando uma banda da Síria executa o estilo? Interessante, não? E mais: fazem um Black Metal com elementos regionais de seu país. Pois a dupla foi ousada e lançou logo de cara seu debut, sem passar por demos. Corajosos, não?

Metallica: James Hetfield imitando Dave Mustaine na TVLemmy Kilmister: "Esta coisa de Black Metal me faz rir!"

Lançado exatamente no dia 1º de janeiro deste ano, o disco da Abidetherein se inspira nas clássicas bandas satânicas dos países supracitados e trituram o aparelho de som com sua violência sonora. Aliás, é esse lado mais infernal (com o perdão do trocadilho) que mais se ouve em "Paralysis Engulfed the Myth": sonoridade crua, rápida e rasteira. Inclusive, os temas das letras são a anti-religião, horror e trevas. Típico, claro.

Entretanto, entre uma brutalidade e outra, surgem batuques exóticos, que incrivelmente se encaixaram bem na estrutura das composições, sem deixar nada forçado. Só por isso, já merecem elogios. São poucos os momentos com essas "intervenções", o que não oferece riscos de se tornarem enjoativas.

As oito faixas somam uma hora de duração, mas aqui, o extremismo não é cansativo. O que talvez perturbe alguns ouvintes é o fato de a bateria ser programada. Entretanto, particularmente neste álbum, ela parece bastante natural, como se fosse tocada por um baterista de verdade.

A capa do material, embora assustadora, é lindíssima e cheia de detalhes. Já arrisco afirmar que será uma das mais belas de 2012. E, provavelmente querendo "homenagear" suas influências nórdicas, deixaram a produção das músicas meio tosca e suja, igual às dos grupos do início da década de 90.

Para quem quer fazer um revival do antigo Black, com um ou outro elemento diferente, esse CD será uma boa saída. Simples, mas agressivo, o play dá sinais de que, onde menos se espera, haverá alguém cantando sobre o cramulhão.

Abidetherein - Paralysis Engulfed the Myth
Independente - Síria - 2012

http://www.myspace.com/abidetherein

Tracklist
1. Begotten 09:35
2. Oscenità 03:03
3. Ninety Nine Names 09:08
4. Lachrymation Murder 08:03
5. A Marvel of Faith (The Sun and the Moon) 08:46
6. Sin Sculptor 06:42
7. The Winds That Scattered 07:01
8. Sphacelate Metastasized Inevitable 08:13

Total: 01:00:31




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Abidetherein"


Metallica: James Hetfield imitando Dave Mustaine na TVMetallica
James Hetfield imitando Dave Mustaine na TV

Lemmy Kilmister: Esta coisa de Black Metal me faz rir!Lemmy Kilmister
"Esta coisa de Black Metal me faz rir!"

Musas do Metal: as bandas que elas ouvem quando estão em casaMusas do Metal
As bandas que elas ouvem quando estão em casa

Rock e Metal: todo artista tem uma fase vergonhosaRock Progressivo: as 25 melhores músicas de todos os temposDavid Bowie: "Perdi a virgindade com ele, aos 15 anos de idade"Lady Gaga: "o Iron Maiden mudou a minha vida!"

Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.