Matérias Mais Lidas

Jon Schaffer: nomes do Iced Earth e Demons & Wizards somem do site da gravadoraJon Schaffer
Nomes do Iced Earth e Demons & Wizards somem do site da gravadora

Megadeth: Dave Lombardo quase entrou pra banda, mas percebeu a merda que ia darMegadeth
Dave Lombardo quase entrou pra banda, mas percebeu a merda que ia dar

Nervosa: Banda lança videoclipe de Under RuinsNervosa
Banda lança videoclipe de "Under Ruins"

Joe Lynn Turner: detonando gravadora por continuar projeto Sunstorm sem eleJoe Lynn Turner
Detonando gravadora por continuar projeto Sunstorm sem ele

Iron Maiden: As faixas do clássico The Number Of The Beast, da pior para a melhorIron Maiden
As faixas do clássico "The Number Of The Beast", da pior para a melhor

Metallica: veja o primeiro (e curioso) cartão de visitas da bandaMetallica
Veja o primeiro (e curioso) cartão de visitas da banda

Greta Van Fleet: Robert Plant odeia aquele vocalistaGreta Van Fleet
Robert Plant "odeia" aquele vocalista

Pearl Jam: exigindo que banda cover Pearl Jamm mude nome, sob ameaça de processoPearl Jam
Exigindo que banda cover Pearl Jamm mude nome, sob ameaça de processo

Nicko McBrain: pedal duplo é pra caras como Aquiles PriesterNicko McBrain
Pedal duplo é pra caras como Aquiles Priester

Megadeth: Dave Mustaine, agora, é faixa roxa em jiu-jitsu brasileiroMegadeth
Dave Mustaine, agora, é faixa roxa em jiu-jitsu brasileiro

Pantera: as cinco melhores músicas da banda, segundo leitores da RevolverPantera
As cinco melhores músicas da banda, segundo leitores da Revolver

Loudwire: o melhor álbum de thrash metal de cada ano, de 1983 até 2020Loudwire
O melhor álbum de thrash metal de cada ano, de 1983 até 2020

Foo Fighters: Dave Grohl queria que Lemmy estivesse vivo para ouvir músicaFoo Fighters
Dave Grohl queria que Lemmy estivesse vivo para ouvir música

Lista: 10 grandes sucessos que farão 30 anos em 2021 e continuam sendo ouvidos até hojeLista
10 grandes sucessos que farão 30 anos em 2021 e continuam sendo ouvidos até hoje

Megadeth: todas as músicas que aparecem na faixa escondida de Capitol PunishmentMegadeth
Todas as músicas que aparecem na faixa escondida de "Capitol Punishment"


Matérias Recomendadas

Slipknot: veja a evolução das máscaras de cada integrante da estreia aos dias atuaisSlipknot
Veja a evolução das máscaras de cada integrante da estreia aos dias atuais

Bandas extremas: 10 álbuns que causaram surpresaBandas extremas
10 álbuns que causaram surpresa

Iron Maiden: a música Wasting Love é um Plágio?Iron Maiden
A música "Wasting Love" é um Plágio?

Temperatura Máxima: as atrizes pornôs que incendiaram o cenário RockTemperatura Máxima
As atrizes pornôs que incendiaram o cenário Rock

Gene Simmons: sexo com vocalista do Linkin Park na cadeia?Gene Simmons
Sexo com vocalista do Linkin Park na cadeia?

Tunecore
Malvada

Megadeth: Mustaine retorna conservador e sem ousadia

Resenha - Thirteen - Megadeth

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Seelig
Enviar Correções  

publicidade

6


Décimo-terceiro álbum de estúdio do Megadeth, "Th1rt3en" será saudado pelos fãs como um dos melhores discos do grupo de Dave Mustaine. A razão para isso é simples: suas treze faixas caminham sobre terreno seguro, testado e aprovado nos trabalhos anteriores do grupo. Dave Mustaine retorna conservador e sem ousadia, o que, em um gênero como o heavy metal, não é necessariamente ruim.

Produzido por Johnny K (Machine Head, Sevendust, Disturbed), "Th1rt3en" marca o retorno do baixista Dave Ellefson ao grupo. Completando o line-up temos os excelentes Chris Broderick (guitarra) e Shawn Drover (bateria). Bastante inferior ao trabalho anterior – o ótimo "Endgame" (2009) -, o álbum se equilibra entre momentos de brilho esparso e outros onde soa apenas burocrático. A abertura, com "Sudden Death", apesar dos riffs interessantes, não evolui para uma composição que mereça maiores atenções. O mesmo vale para faixas como "We the People", "Guns, Drugs & Money" e "Black Swan", que apenas preenchem espaço.

No entanto, quanto acerta a mão, Mustaine acerta mesmo. "Public Enemy No. 1" é excelente, unindo o hard rock e o heavy metal com enormes doses de melodia. "Fast Lane" é um meio termo entre a sonoridade dos álbuns "Countdown to Extinction" (1992) e "Youthanasia" (1994), enquanto a balada "Millennium of the Blind" se destaca por sair do comum e trazer um pouco de ousadia a um álbum que tem os dois pés ficados no tradicionalismo.

É interessante fazer um paralelo entre os momentos vividos pelo Megadeth e por seu eterno antagonista, o Metallica. Enquanto James Hetfield e sua turma arriscam, mais uma vez, a sua reputação em um disco ousado e controverso – "Lulu", parceria com Lou Reed -, Dave Mustaine lança um de seus trabalhos mais ortodoxos. O que vai acontecer? Grande parte dos fãs de heavy metal, conservadores por natureza, vai receber "Th1rt3en" de braços abertos com frases feitas como "isso sim é música de verdade", "heavy metal se faz assim" e "Mustaine mostra para o Metallica como é que se faz, mais uma vez". No entanto, "Th1rt3en" é um álbum apenas mediano, com composições que, salvo raras exceções, não acrescentam nada à carreira do Megadeth, ao contrário de seu antecessor – "Endgame" -, que era um disco primoroso.

O Megadeth é uma banda histórica e que merece respeito por tudo o que já produziu, mas isso não faz com que, vez ou outro, o grupo cometa pequenos deslizes. "Th1rt3en" é um desses escorregões. Pouco inspirado, repetitivo em diversos momentos, é indicado apenas para os fãs. Se você é um deles, compre, nem que seja apenas para não deixar um espaço em branco em sua coleção.

Faixas:
Sudden Death
Puclis Enemy No. 1
Whose Life (Is Ti Anyways?)
We the People
Guns, Drugs & Money
Never Dead
New World Order
Fast Lane
Black Swan
Wrecker
Millennium of the Blind
Deadly Nightshade
13


Outras resenhas de Thirteen - Megadeth

Megadeth: Uma retrospectiva de todo o material da banda

Megadeth: álbum mostra toda a genialidade de Dave MustaineMegadeth
álbum mostra toda a genialidade de Dave Mustaine