Matérias Mais Lidas

imagemRegis Tadeu explica porque Sandy não deve cantar músicas do Metallica

imagemVeja Sandy cantando Metallica na TV Globo em programa de Marcos Mion

imagemO surpreendente disco que Tom Morello considera um dos melhores de todos os tempos

imagemGene Simmons admite que "Ace estava certo" sobre o Kiss no começo dos anos 80

imagemApós incidente, Axl Rose anuncia mudança nos shows do Guns N' Roses

imagemNoel Gallagher revela o rockstar que ficou mais impressionado de conhecer pessoalmente

imagemA estratégia do Barão Vermelho para evitar críticas de copiar Titãs nos anos 1990

imagemAndreas Kisser opina sobre a reunião do Pantera, que começou nesse sábado

imagemBeatles: Ringo Starr conta como foi o seu último encontro com John Lennon

imagemA banda de rock que impressionou Paulo Ricardo e o fez ver grandeza do estilo em São Paulo

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemO maior álbum de todos os tempos, na opinião do saudoso Ronnie James Dio

imagemMike Portnoy comenta o show de retorno do Pantera aos palcos

imagemO curioso motivo pelo qual Nightwish nunca foi próximo do HIM, segundo Ville Valo

imagemA opinião de Dino Cazares sobre o insano álbum "Roots", clássico do Sepultura


Summer Breeze
Samael Hypocrisy

Fito Páez: Retomando o caráter puramente elétrico

Resenha - Confiá - Fito Páez

Por Paulo Finatto Jr.
Postado em 29 de julho de 2011

Nota: 8

Embora possa ser apontado como o maior ícone do rock argentino de todos os tempos, FITO PÁEZ há anos se distanciou do gênero que o consagrou na década de oitenta. Porém, a carreira do músico – que se consolidou através do pop de "Circo Beat" (1994) e das baladas introspectivas de "Rodolfo" (2007) – retoma o caráter puramente elétrico no seu mais recente registro. O novo álbum do compositor portenho, intitulado "Confiá", funciona como um perfeito contraponto aos discos mais intimistas lançados na última década.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Com produção assinada pelo próprio cantor, "Confiá" ganhou vida em diferentes cidades por onde FITO PÁEZ passou entre 2009 e 2010. A finalização feita no seu próprio estúdio – em Buenos Aires – uniu material gravado em cidades como Córdoba e Rio de Janeiro e misturou influências verdadeiramente distintas. De certo modo, o 21º registro da maior estrela da música portenha assume uma postura elétrica, nitidamente mais crua, sem abrir mão das características melódicas e cadenciadas que contornam boa parte do famoso "El Amor Después del Amor" (1992) e dos seus registros mais recentes. O repertório de "Confiá", mesmo alternando bons e maus momentos, não prejudica a consistência do resultado final da obra. No fim das contas, o que existe por trás – e acima de qualquer outra coisa – é uma vontade de retomar o sucesso comercial praticamente esquecido nos trabalhos escritos somente para voz e piano da década passada.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Não por acaso que o disco emplacou rapidamente o hit radiofônico "Tiempo al Tiempo, uma faixa curta – que não ultrapassa três minutos – e que une algumas referências da música latina mais animada ao pop/rock doce (e bem próximo ao blues) de FITO PÁEZ. Da mesma forma, a abertura com a faixa-título mostra como a participação da banda castelhana The Killing Burritos foi fundamental para o nível requintado e eficiente atingido pelo instrumental de "Confiá". A grande maioria do repertório, mesmo que assumindo uma tranquilidade incomum para o rock mais clássico, esbanja maturidade e bom gosto. O tradicionalismo do cantor argentino pode ser apontado como uma interessante crítica ao pop minimalista (e repleto de invencionices) de artistas como JORGE DREXLER e KEVIN JOHANSEN.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Nas mãos de muitos outros artistas, o estilo de "Confiá" poderia soar sonso e/ou demasiadamente despretensioso. Porém, as qualidades de FITO PÁEZ – sobretudo como compositor – são inquestionáveis e assumem a dianteira com maestria. Outras músicas mais animadas, como "M&M" e "La Nave Espacial", destacam as virtudes da performance mais roqueira do argentino. Por outro lado, "London Town" é a típica faixa que impressiona pela carga emotiva que a voz do portenho pode adicionar às melodias mais cadenciadas. O resultado, acima da média nessas músicas citadas, ganha um contorno ainda mais forte com a excepcional "Fuera de Control", possivelmente o maior destaque do disco inteiro. O pop/rock com toques de blues é claramente o divisor de águas em "Confiá".

publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |

De modo claro, "Confiá" não é um disco entediante, tampouco um registro pobre de melodias e características sonoras. A riqueza instrumental do álbum ainda se desdobra na animada "La Ley de la Vida" e em "En el Baño de un Hotel" – capaz de recordar muito o que FITO PÁEZ escreveu de melhor na década passada. Por mais que o pop/rock argentino possa ser apontado como um estilo difícil de digerir, o mais recente disco da sua maior referência retoma boa parte dos seus melhores momentos com um contorno bastante atual. A indicação é extremamente válida para aqueles que conseguem ver para além do tapa-olho do preconceito.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Track-list:

01. Confiá
02. Tiempo al Tiempo
03. M&M
04. La Nave Espacial
05. London Town
06. Limbo Mambo
07. La Ley de la Vida
08. El Mundo de Hoy
09. Saliendo de tu Prisón
10. En el Baño de un Hotel
11. Fuera de Control
12. Desaluz

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Aerosmith: curiosidades sobre a voz de Steven Tyler

Os dez maiores picaretas da música internacional


[an error occurred while processing this directive]