Anaxes: Possivel expoente do prog-metal atual

Resenha - Antithesis - Anaxes

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Pedro Lucas Sousa
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Eu já tinha ouvido e gostado bastante do trabalho do vocalista Guilherme Antonioli ao lado do Tierramystica. Guilherme possui um vocal poderoso com timbre e técnica excelentes e desde então venho acompanhado o trabalho da banda e tive uma grande surpresa ao ouvir o primeiro disco do Anaxes, a outra banda de Guilherme.

Heavy Metal: o Diabo e personagens bíblicas nas capasTradução - Dark Side Of The Moon - Pink Floyd

A banda gaúcha foi formada em 2005 por Bruno Pinheiro Machado (guitarra) ao lado do baterista Thiago Caurio. Inicialmente, a proposta da banda era levar um som instrumental,mas logo essa idéia foi deixada de lado com a entrada de Guilherme Antonioli. Com a nova idéia em mente a banda começou a fazer vários shows, já colhendo os frutos da competência de seus músicos.Em 2006 a banda lança a sua primeira demo.

Não sou um grande fã do prog metal, mas o Anaxes apresenta no álbum "Antithesis" um trabalho de qualidade com músicas bem técnicas, junto com o peso e melodias marcantes. Como eu já havia dito, Guilherme é um excelente vocalista e mostra perfeito domínio de sua voz, com um bom equilíbrio de agressividade e suavidade, que encaixa perfeitamente com o som da banda, que apresenta diversas variações rítmicas durante o álbum,mas sem perder o foco do trabalho.Todo esse domínio técnico e equilíbrio pode ser constatado de cara logo na primeira faixa "Cause/Consequence", com um fantástico trecho à capela.

"Wait For the Dawn" e "Stuck In This World" são as músicas mais leves do trabalho, mas sem soarem deslocadas, deixando um clima suave antes de "Wishing Higher Skies", que pega o ouvinte de surpresa, com seus riffs rápidos e pesados.

De modo geral, o Anaxes veio para mostrar que tem potencial para ser reconhecido com um grande expoente do prog-metal atual e "Antithesis" deixa o ouvinte ansioso para conferir os próximos trabalhos. Com músicos excelente e composições de qualidade a banda está no caminho certo.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Anaxes"Todas as matérias sobre "Tierramystica"


Ricardo Confessori: O Shaman foi o ápice da nossa carreiraRicardo Confessori
"O Shaman foi o ápice da nossa carreira"


Heavy Metal: o Diabo e personagens bíblicas nas capasHeavy Metal
O Diabo e personagens bíblicas nas capas

Tradução - Dark Side Of The Moon - Pink FloydTradução - Dark Side Of The Moon - Pink Floyd
Tradução - Dark Side Of The Moon - Pink Floyd

Pink Floyd: as brincadeiras e enigmas nas capas dos álbunsPink Floyd
As brincadeiras e enigmas nas capas dos álbuns

Motley Crue: Vince Neil detona Sharon Osbourne em biografiaR.E.M.: banda é dona da faixa que mais faz o homem chorarPra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 1995Guns N' Roses: Éramos mais Judas Priest que o Judas Priest!

Sobre Pedro Lucas Sousa

Pedro Lucas é maranhense, vocalista, e viu no jornalismo uma chance de poder trabalhar com o que mais gosta. Adorador fiel do heavy metal, hard rock, folk/viking metal entre outros, mas possui um amor incondiconal pelo hard rock. Começou a colaborar com o Whiplash! recentemente enviando reviews e notícias.

Mais matérias de Pedro Lucas Sousa no Whiplash.Net.