Intestinal Disgorge: Pornogrind/ splatter/ gore de respeito

Resenha - Depravity - Intestinal Disgorge

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Christiano K.O.D.A., Fonte: Som Extremo
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Quem curte um bom gore/grind/splatter com certeza já ouviu falar ou mesmo chegou a acessar um antigo webzine chamado “Carnificina Grindcore”, talvez o mais completo site brasileiro de bandas desses gêneros e suas extensões. Infelizmente há vários anos o site saiu do ar, e quando tudo parecia perdido, aparece o selo Carnificina Records (com o mesmo responsável - Marcelo Medeiros) que, de certo modo, leva adiante o legado deixado pelo zine eletrônico. Ainda bem!!!
5000 acessosOzzy Osbourne: comendo oferenda de macumba no Rock in Rio5000 acessosHetfield: egos, Mustaine, Load e homossexualidade no Metallica

E para fãs desses tipos de música tão extrema, o Carnificina traz o nome Intestinal Disgorge, que com certeza freqüenta a lista de CDs de suas coleções. Esses americanos anormais começaram a carreira com álbuns bizarros, mas muito bons. Era uma descarga sonora que misturava noisecore com os estilos citados no começo, e um “vocal” que parecia uma mulher desesperada, gritando do mais fundo de seus pulmões, como se estivesse sendo violentamente torturada. Mesmo com uma produção meio tosquinha, ainda digo: “Ah, bons tempos!”

Entretanto, no ano passado o Intestinal Disgorge chegou com esse “Depravity”, que apresenta uma proposta um pouco menos radical, digamos assim. Mas não, não ficou ruim, muito longe disso! Agora a banda traz um som mais encorpado e trabalhado, com ótimos instrumentais, mas com vocais um pouco mais comedidos. Existem aqui ou lá uns ruídos no meio das músicas, mas não como antigamente. Enfim, tornaram-se uma banda menos noise e mais “séria”.

Em “Depravity”, a banda apresenta 60 músicas em quase 45 minutos, com várias introduções que remetem ou ao pornô, ou ao gore. Sim, aqueles sonzinhos de orgasmos e vômitos parecem que nunca irão abandonar a banda.

Destaques? Não sei se seriam exatamente um, mas as faixas “Vomiting Rotten Pussy Giblets” e “Shit Splattered Erection” apresentam um andamento pra lá de estranho, e por que não, original. Elas ficam alterando a velocidade das levadas, do nada, como se fosse um defeito no disco. No mínimo, hilário e exótico. Mas no resto, apresentam músicas curtas, diretas, velozes e sem dúvida, empolgantes. Pornogrind/splatter/gore de muito respeito, e com uma produção muito boa em se tratando desse tipo de música.

Quando ao encarte, destaque para a polêmica capa, que prende a atenção de imediato. É impossível não lembrar da ilustração não censurada do “Tomb of the Mutilated”, do Cannibal Corpse. Só que essa choca um pouco mais, já que a figura parece real. Impressionante. O material não vem com as letras, mas apenas uma mensagem “filosófica” dos malucos. Mas vendo os títulos, percebe-se que continuam afiados quando o assunto é nojeira e escatologia.

Para quem sempre teve receio de adquirir uma coisa tão estranha que é o trabalho da Intestinal Disgorge, agora pode se despreocupar de vez e correr atrás de “Depravity”, o álbum mais maturo dos texanos.

http://www.intestinaldisgorge.com
http://www.myspace.com/intestinaldisgorge

Tracklist:
1. Slurping Rancid Pus From Her Festering Wounds 01:02
2. Nauseating Sex Acts 00:54
3. Eruption Of Fizzing Gastric Sewage 00:53
4. Masturbating With Liquefied Innards 00:21
5. Chewing On Creamy Infected Scabs 01:06
6. Force Fed Castrated Cocks 00:05
7. Starving And Shivering 00:46
8. Hammer To The Back Of Her Head 00:45
9. Larvae In Her Wounds 01:13
10. Putrid Yeast-Infected Crotch 00:53
11. Molesting Your Decomposed Corpse 00:51
12. Crapped Ass Scat Blast 00:52
13. Swollen Corpses Spewing Sewage 01:01
14. Drenched With Emerald Cascades Of Foaming Diarrhea 01:20
15. Mouthful Of Mildewed Shit 00:12
16. Battered Into A Coma 00:59
17. Poo Poo Perversions 00:24
18. Vomiting Urine And Lumps Of Masticated Shit 00:55
19. Tranny Fanny 00:54
20. Handcuffed And Hard 00:48
21. Depravity (Part 1) 00:28
22. Basement Full Of Prostitute Corpses 00:52
23. Decapitated And Defleshed 01:05
24. Sucking Congealed Sperm Out Of Her Rotten Crotch 00:51
25. Gorging On Bubbling Anal Froth 00:11
26. Festering Insect-Infested Sores 01:03
27. Foaming Yeasty Genital Leakage 00:24
28. Balls Deep In Creamy Rotten Innards 01:01
29. Bathtub Butchery 01:27
30. Puking Up Semi-Digested Genitals 00:49
31. No One Will Ever Know 01:00
32. Alone At Last 00:47
33. Stomach Swollen With Rotten Human Flesh 00:30
34. Diaper Whore 00:48
35. Ripping The Viscera From Her Corpse 00:58
36. Unspeakable Perversions 00:09
37. Tortured In My Basement 00:58
38. You Are Never Going Home 00:46
39. Swamped In Piscatorial Corpse Sludge 00:18
40. Ejaculating Into Emaciated Corpses 00:39
41. What’s He Going To Do With All The Beef? 00:48
42. Stabbed In The Throat 00:51
43. Bloodsoaked Bedsheets 00:10
44. Sour Fluids Seeping From Her Bloated Corpse 00:23
45. Masturbating In A Swamp Of Effervescing Diarrhea 00:37
46. Putrid Piscatorial Pus 00:13
47. It Will Happen Tonight 00:59
48. Consumption Of Feculent Sewage 00:40
49. Vomiting Rotten Pussy Giblets 00:51
50. Shit Splattered Erection 00:46
51. Disgorging Putrefied Pussy Slop 00:53
52. Cumdripping Innards 00:49
53. Insatiable Perversity 00:26
54. Slithering 00:48
55. Tenderized With A Tire Iron 00:13
56. Gurgling Curdled Semen 00:47
57. Stomach-Turning Sexual Torture 00:12
58. Worm-Eaten Excrement 01:02
59. Erotic Dismemberment 00:32
60. Depravity (Part 2) 01:27

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Intestinal Disgorge"

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Comendo oferenda de macumba no Rock in Rio I

MetallicaMetallica
Hetfield fala sobre Dave Mustaine, Load e homossexualidade

Andre MatosAndre Matos
"Eu não estava preparado para cantar no Maiden!"

5000 acessosHeavy Metal Fail: os Trues também saem mal na foto5000 acessosMetallica: a letra que fez Hammett e Hetfield chorar5000 acessosDeath Metal: as 10 melhores bandas de acordo com a AOL5000 acessosDream Theater: "muito mais que Rock Progressivo"5000 acessosSerguei: comentários sobre a morte de Jimi Hendrix5000 acessosSuicidio: cinco clipes de Rock que abordam o tema

Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online