RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagemThiago Bianchi explica sucessão de problemas durante show de Paul Di'Anno

imagemMustaine tentou fazer hit radiofônico e acabou escrevendo a "música mais idiota" do Megadeth

imagemOs 4 fatores determinantes que levaram Renato Russo a dependência química

imagemO clássico da banda Evanescence que a vocalista Amy Lee odiava

imagemMike Portnoy escolhe os álbuns preferidos de sua adolescência

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemA opinião de Paul McCartney sobre a música dos Sex Pistols

imagemA opinião de Slash sobre Dave Mustaine e "Rust In Peace", clássico do Megadeth

imagemOs 10 maiores vocalistas de heavy metal de todos os tempos, em lista do Ruthless Metal

imagemO dia que João Gordo xingou Ayrton Senna por piloto se recusar a dar entrevista a ele

imagemPara John Lennon, os Beatles poderiam ter acontecido sem George e Ringo

imagemOmelete diz que heavy metal pertence agora à nova geração e não ao tiozão headbanger

imagemO megahit de Ana Carolina que todos acharam que era a voz de Cássia Eller

imagemComo Tommy Lee e o Mötley Crüe ajudaram Axl Rose a escrever "November Rain"


Exilio Angel

Aerosmith: Clássicos que influenciaram toda uma geração

Resenha - Get Your Wings - Aerosmith

Por Renato Trevisan
Postado em 27 de abril de 2011

Nota: 9

O primeiro álbum do "Aerosmith" não teve boas vendagens, então, no ano seguinte, a banda apostou em um novo lançamento: Get Your Wings. Esse álbum foi gravado ainda em 1973, mas só foi lançado em 1974, logo após a turnê de divulgação do primeiro álbum. Com 8 faixas (o que era normal pra época), ele é relativamente curto, tem cerca de 38 minutos. "Get Your Wings" não teve boas vendagens na época, mas até os dias de hoje, vendeu cerca de 4 milhões de cópias. O álbum conta com a formação clássica do Aero: Steven Tyler nos vocais, Joe Perry e Brad Whitford nas guitarras, Tom Hamilton no baixo e Joey Kramer nas baquetas. Ele foi lançado pela Columbia, Ray Colcord e Jack Douglas foram os produtores.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Infelizmente, este álbum também marca o início da interferência de pessoas de fora da banda, desde as composições até às faixas das musicas, coisa que assolou não só Aero, mas todas as bandas nos anos 70. Desculpa se eu ferir os sonhos de alguns de vocês, mas Joe Perry e Brad Whitford não tocaram no álbum... Bob Ezrin estava cozido com o álbum não chegar a perfeição que ele queria e tira os dois... Coloca pra tocar dois músicos desconhecidos, Dick Wagner e Steve Hunter... Enquanto Perry se matou 2 meses e nada, eles fizeram tudo em 5 dias". Joey Kramer também quase tomou um pé por não conseguir tocar as músicas. Pra vocês terem uma ideia, ele fez mais de 15 takes pra conseguir tocar S.O.S (Too Bad). Mas tudo que está gravado no álbum é da banda, Joe e Brad não tocavam, mas compunham.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Nesse álbum, vemos um Aerosmith mais maduro. Steven Tyler tem uma voz mais suave, menos seca e consequentemente menos parecida com a de Mike Jagger. Joey Kramer colocou mais peso e fez linhas mais difíceis na sua bateria. Tom Hamilton continua regular como sempre e as guitarras tem uma melhora significativa, graças aos "novos guitarristas" da banda.

O álbum começa com "Same Old Song And Dance". A primeira música, além de ter um excepcional vocal de Steven Tyler, tem belos riff’s, um solo "ok" na guitarra e um maravilhoso solo de saxofone. "Same Old Song and Dance" tem tudo o que um bom rock n’ roll precisa. "Lord Of The Thighs" tem simplesmente o melhor vocal do disco. Eu diria que essa música é divertida, tem uma bateria forte e o baixo e as guitarras meio que se completam, isso dá a música um tom de "música de filme policial americano da década de 90". Logo depois vem "Spaced", uma música meio repetitiva, mas mesmo assim ela desce direitinho. Tyler como sempre arrasa nos vocais e as guitarras soam fortes. A faixa tem belos riffs (principalmente o do final), mas um solo faz falta. "Woman of the World" é uma das mais belas introducões do Aerosmith, e as guitarras são os destaques daqui. Em seguida vem "S.O.S. (Too Bad)". Rock n’ Roll em sua essencia, uma música simples, com uma boa pegada na bateria, um solo legal e um riff simples mas contagiante. "Train Kept A Rollin" dispensa comentários, um cover do The Yardbirds mas que virou hino nas mãos do Aero. Vocal ótimo, riff ótimo, solo ótimo. Um dos clássicos absolutos da banda. "Seasons Of Wither" é uma faixa de extremos. Considerada por muitos uma das melhores baladas do Aero mas, por outros, uma das piores músicas do grupo de Boston. Ela tem uma bela melodia, uma bateria pesada mas que se encaixa perfeitamente no ritmo calmo da música e tem também dois belos solos de guitarra no final. E fechando o disco temos "Pandora's Box". Outro rockzão direto, o que se disse para S.O.S. (Too Bad) também vale para essa.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Daquele Hard Blues seco, o Aerosmith evoluiu e transformou seu som em Hard Rock puro e de qualidade suprema. "Get Your Wings" traz clássicos que influenciaram toda uma geração e é um daqueles discos que merecem espaço reservado em qualquer prateleira de qualquer um que se diz amante de boa música.

01. Same Old Song And Dance
02. Lord Of The Thighs
03. Spaced
04. Woman Of The World
05. S.O.S. (Too Bad)
06. Train Kept A Rollin´
07. Seasons Of Wither
08. Pandora´s Box

Line Up:
Steven Tyler - vocais
Joe Perry - guitarra
Brad Whitford - guitarra
Tom Hamilton - baixo
Joey Kramer - bateria

Dick Wagner e Steve Hunter - guitarras (não creditados)


Outras resenhas de Get Your Wings - Aerosmith

Resenha - Get Your Wings - Aerosmith

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal