Maleficarum: virulência e distorção difíceis de ignorar

Resenha - Inferno - Maleficarum

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

7


Tendo iniciado suas atividades em Fortaleza (CE), o Maleficarum vem desde 2000 trabalhando em prol do Black Metal e mostrando a força do estilo no cenário nordestino através das demos "Espíritos da Floresta" (06) e "Maleficarum" (09), do split "Per Nebulam" (07) e também na presença de algumas compilações distribuídas pelo underground. Agora, dando sequência, o grupo está estreando com "Inferno", liberado através de uma parceria com os selos Distro Rock e Impaled Records.

Com "Inferno", o Maleficarum destila todo seu ódio amargo contra o Cristianismo e seus seguidores, em verdadeiras blasfêmias vomitadas de forma incompreensível na língua portuguesa. Suas músicas obedecem a todos os dispositivos frequentemente propostos pela primeira geração dos grupos de Black Metal, com arranjos velozes, simples e repletos de sujeira, com toda a virulência e distorção que se tornam difícil de ignorar.

publicidade

Com uma produção áspera, a audição é relativamente breve – beira os pouco mais de 30 minutos de puro tormento, tosco e hipnótico – em um repertório com canções inéditas de impacto como "Inferno" e "Equinox Tenebrarum", mescladas a faixas já conhecidas e regravadas para a ocasião, como "Espíritos das Florestas", "A Batalha" e "Cavaleiros Mutilados", entre várias outras.

publicidade

O Maleficarum faz por merecer muitos elogios, afinal, já se passaram 10 anos batalhando com dedicação pelo que acreditam. Todo o poder comunicativo de "Inferno" resgata o inconformismo exasperado já proporcionado por ícones do porte de Venom, Bathory, Sarcófago, Hellhammer e demais demônios do círculo musical, sendo recomendado somente aos amantes do Heavy Metal extremo. A ninguém mais.

publicidade

Contato: www.myspace.com/maleficarumhorda

Formação:
Lord Maleficarum - voz
Count Temeluchos - guitarra e baixo
Prophanous Lord - bateria

Maleficarum - Inferno
(2009 - Distro Rock / Impaled Records - nacional)

01. Inferno
02. Espíritos da Floresta
03. Dominações
04. A Batalha
05. Lascívia
06. Equinox Tenebarum
07. Hic Iacet Sepultus
08. Cavaleiros Mutilados
09. Ritos de Magia Negra

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Exemplos: 10 músicos com deficiências ou problemas de saúdeExemplos
10 músicos com deficiências ou problemas de saúde

Slayer: assista Ivete Sangalo cantando Dead Skin MaskSlayer
Assista Ivete Sangalo cantando "Dead Skin Mask"


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin