Choke: brasileiros escrevendo história em território gringo

Resenha - Latino Revolution - Choke

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

8


Esta é mais uma das inúmeras bandas brasileiras que estão escrevendo sua história em território gringo, mas com tão pouca visibilidade em sua própria nação... O Choke é natural de Curitiba (PR), está na ativa desde 1998 e desde então já liberou um split com o STN chamado "Manifest" (01), "Slum Radio" (03) e "Manifest From Sudamerica" (08), que conquistaram a devida repercussão graças às excursões por boa parte do Brasil, Argentina, Chile, Uruguai, Bolívia e Paraguai.

A cada lançamento o Choke foi renovando sua musicalidade, que inicialmente era Grindcore e agora segue de forma irrotulável ao encarar com toda a vontade pancadarias tribais modernosas do Soulfly, generosas doses de Hardcore e até influências do Hip Hop à la Cypress Hill. Em meio a essa sonzeira toda, muita política, cultura e assuntos das periferias latinas, quase sempre cantados em espanhol, afinal, é do perfil da banda ter o continente latino americano como real foco.

publicidade

Mas não pense que "Latino Revolution" é uma mera colcha de retalhos sonora... Nossos subversivos paranaenses sabem digerir muito bem suas influências e prepararam um repertório maduro e que alcançará um público bastante amplo. O pessoal que curte o lado pesado da música será agraciado com as excelentes "Represent Acción", "Viva Nuestra Gente!" ou "Politika Independiente"; enquanto as características alternativas da faixa-título também não podem ser ignoradas. Algo ‘mezzo’ Hip Hop aparece em "La Mezcla", com a presença do conterrâneo Mocambo. Há muita coisa legal por aqui!

publicidade

Esta versão de "Latino Revolution" é promocional (inferno, não traz as letras das canções...) e foi liberada no finalzinho de 2009, mas sua versão oficial estará chegando ao público em julho de 2010 através do selo Top Music Brazil. Nos últimos 10 anos suas músicas foram incluídas em mais de uma dezena de compilações ao redor do globo (Argentina, Uruguai, Equador, Turquia e Japão), então naturalmente o Choke, com toda sua consciência política e ideológica, merece uma cuidadosa audição.

publicidade

Contato:
http://www.myspace.com/chokebrazil

Formação:
Fausto Bortollotti - guitarra
Tony Martins - baixo
Otavio L. - voz
Claudio Romero - bateria

Choke - Latino Revolution
(2009 / promo-CD - independente)

01. Fuck Off
02. Alianzas y Parejas
03. Represent Acción
04. Latino Revolution
05. Cultura y Fusiles
06. Viva Nuestra Gente!
07. Commercial Hemp
08. La Mezcla (com Mocambo)
09. Politika Independiente
10. Dove Estare el Enrico?
11. Cartel
12. Piá

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Axl Rose: a primeira ficha policial aos 18 anosAxl Rose
A primeira ficha policial aos 18 anos

Ódio musical: os artistas mais detestados em lista da SpinnerÓdio musical
Os artistas mais detestados em lista da Spinner


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin