Behemoth: não preso à faceta tradicional da música extrema

Resenha - Evangelion - Behemoth

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

9


Talvez de forma mais rápida que o conterrâneo Vader, a trajetória do Behemoth caminha a passos largos e aumenta cada vez mais sua base de admiradores ao redor do planeta. E seu mais recente lançamento, "Evangelion", possui muitos dos enegrecidos elementos que continuarão a expandir o nome da banda polonesa para além do limitado, mas sempre fértil, circuito underground.

Os grandes trunfos do Behemoth se resumem a não se prender à faceta mais tradicional da música extrema e possuir um invejável senso para estruturar com coesão todo o caos que sua música exala. Assim sendo, encontraram seu nicho. E, ainda que se mantenha moderníssimo e dono de muitas ocasiões bombásticas e com uso de melodias orientais, várias das novas composições estão mais diretas que seu antecessor, "The Apostasy" (07), construído com tantas camadas sonoras.

publicidade

É claro que as características básicas pela qual o Behemoth estabeleceu seu nome permanecem – "Daimonos" e "Shemhamforash" são claros exemplos – mas, como se minimizou parte da excêntrica superprodução (no melhor dos sentidos, ok?), "Evangelion" consegue ser ainda mais ameaçador, mesmo em ocasiões mais cadenciadas como "Ov Fire And The Void", "The Seed Ov I", "Alas, Lord Is Upon Me" (ótimo título, não?) e na belíssima e melódica "Lucifer".

publicidade

A edição brasileira de "Evangelion", liberada pela Laser Company, traz ainda um DVD com cerca de 1 hora de informações muito interessantes, divididas em duas partes e com legendas em português. A primeira é o ‘making of’ com inúmeros detalhes e impressão dos envolvidos durante a gravação do álbum, sendo curioso a atenção de Nergal a todos os passos do processo. A segunda aborda a sessão fotográfica dos músicos, com muita maquiagem e animais (vivos) que causaram todo o impacto das imagens promocionais do Behemoth.

publicidade

Se algum dos digníssimos leitores, por incrível que pareça, nunca teve contato com este grupo polonês, desfrute da precisão e diversidade de "Evangelion" e entenderá o porquê de todo o reconhecimento alcançado pelo Behemoth ser mais do que justificado – mesmo sendo uma banda de Heavy Metal extremo e calculadamente profano. Um trabalho nada menos do que excelente!

publicidade

Contato:
http://www.behemoth.pl
http://www.myspace.com/behemoth

Formação:
Adam 'Nergal' Darski - voz e guitarra
Tomasz 'Orion' Wróblewski - baixo
Zbigniew Robert 'Inferno' Prominski - bateria

Behemoth - Evangelion
(2009 - Metal Blade Records / Laser Company Records - nacional)

publicidade

CD:
01. Daimonos
02. Shemhamforash
03. Ov Fire And The Void
04. Transmigrating Beyond Realms Ov Amenti
05. He Who Breeds Pestilence
06. The Seed Ov I
07. Alas, Lord Is Upon Me
08. Defiling Morality Ov Black God
09. Lucifer

DVD:
- The Making Of Evangelion
- Evangelion Photo Session


Outras resenhas de Evangelion - Behemoth

Behemoth: Um de seus discos mais agressivos e sensacionais


WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin