Drive Sex: tire os olhos da capa e atente para a banda

Resenha - Drive Sex - Drive Sex

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

8


Bom, que tal o excitado leitor tirar os olhos dos detalhes pubianos dessa maravilhosa ninfetinha da capa do CD e atentar para estas esforçadas linhas...? O Drive SEX é oriundo do Ceará, tendo sido formado em 2006 e, com o lançamento da demo "Viver e morrer", o pessoal vem tocando em vários festivais da música independente de sua região.

Agora, tendo a formação estabilizada com Saron (voz), Junior Rocks (guitarra), Balboa (guitarra), Bocão (baixo) e Anderson (bateria), a banda está estreando com "Drive SEX". Com uma constante energia esporrenta, tudo ganha muitos pontos pelo pessoal abraçar o passado, mas desafiando muitos dos clichês da época áurea do gênero. O resultado é um repertório com 10 faixas de um Hard´n´Roll alucinante, bem marginal e cantado em português, cujas letras são de um ‘sutil’ apelo sexual – que tal um título como "Fica aí de quatro"?

publicidade

Que fique claro: os cearenses não apresentam nada de novo, mas dominam completamente sua proposta. E, ainda que os arranjos proporcionados pelas guitarras, velozes ou mais comedidos, sejam muito bons, é o esganiçado vocalista Saron quem rouba grande parte das atenções. Num primeiro momento, sua interpretação chega a ser um tanto quanto perturbadora, mas tem tudo a ver com a música do Drive SEX.

publicidade

Segundo o release do grupo, historicamente "Drive SEX" é o primeiro CD de Hard Rock liberado pelo estado do Ceará. É de se espantar com esta informação, mas, se assim for, a coisa começou muito bem mesmo! Ainda que o encarte seja completamente econômico – pode esquecer as letras, fotos, etc e tal – este debut é praticamente indispensável aos que apreciam o inebriante Rock´n´Roll verde e amarelo.

publicidade

Contato:
http://www.myspace.com/drivesex

Drive SEX - Drive SEX
(2009 / independente – nacional)

01. Drive SEX
02. Nunca para de pensar
03. Não to nem aí
04. Porre
05. Receber meu perdão
06. Tudo mentira
07. Viver e morrer
08. Foi o que restou
09. Assim quero viver
10. Fica aí de quatro



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Mötley Crüe: a ousada tattoo de modelo paulista em tributo à bandaMötley Crüe
A ousada tattoo de modelo paulista em tributo à banda

Contra Costa Times: Os 25 melhores guitarristas da Bay AreaContra Costa Times
Os 25 melhores guitarristas da Bay Area


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin