Sinister: um pouco de quase tudo o que já foi apresentado

Resenha - Silent Howling - Sinister

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 7


Olha aí Sinister atingindo a maioridade... Passaram-se nada menos do que 21 anos desde que o grupo deu início à sua trajetória, e agora está estreando na Massacre Records com "The Silent Howling", um registro que, em linhas gerais, consegue exibir um pouco de praticamente tudo o que já foi apresentado nos sete álbuns de sua discografia.

Max Cavalera: "Deveríamos ter demitido aqueles dois e mantido o nome"Dinho Ouro Preto: "É assustador ver todo o rock ficar de direita"

Contando agora com Edwin Van Den Eeden na bateria, o novo disco também tende a fazer uso de melodias mais lentas, mas sempre totalmente Death Metal, daqueles com bastante técnica e que cospem o mais puro dos inconformismos. E, se o "Afterburner" de 2006 já trazia algumas das faixas mais longas que os holandeses já elaboraram, "The Silent Howling" segue adiante investindo ainda mais nesta característica.

E é aí, no tamanho das composições, que reside o ponto em que parte do público poderá apresentar algumas reservas. São apenas sete músicas que alcançam a marca dos 47 minutos! E, mesmo com a regularidade de seu repertório, com tanta riqueza de detalhes, a realidade é que em algumas (poucas) ocasiões o Sinister parece ter perdido o rumo, não conseguindo tornar a coisa toda tão interessante como deveria ser.

Independente disso, fica a certeza de que toda a experiência que o conjunto adquiriu certamente gerará seus frutos peçonhentos, tanto que a própria faixa-título, tão ambiciosa e recheada de ótimas idéias, com mudanças de direção inesperadas e um requintado senso de harmonia, resultou no destaque absoluto do CD. E, com seus poucos mais de 10 minutos, é a mais extensa de todas as composições...

Levando em conta que já houve um tempo em que o Sinister foi considerado como a resposta do underground europeu ao norte-americano Deicide, bom, confesso que esperava mais deste novo disco. Mas talvez venha a ser uma questão de se habituar às faixas mais longas... Então, como "The Silent Howling" está sendo liberado no Brasil via Free Mind Media, fica a recomendação de o caro leitor conferir para tirar suas próprias conclusões, ok?

Formação:
Adrie 'Aad' Kloosterwaard - voz
Alex Paul - guitarra
Bas Van Den Bogaard - baixo
Edwin Van Den Eeden - bateria

Sinister - The Silent Howling
(2008 / Massacre Records - 2009 / Free Mind Media)

01. Republic Of The Grave
02. Summit Of Sacrifice
03. Fortified Bravery
04. The Silent Howling
05. The Kill To Come
06. Palace Of The Fates
07. If It Bleeds

Homepage: www.sinister-hailthebeast.com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Sinister"


Max Cavalera: Deveríamos ter demitido aqueles dois e mantido o nomeMax Cavalera
"Deveríamos ter demitido aqueles dois e mantido o nome"

Dinho Ouro Preto: É assustador ver todo o rock ficar de direitaDinho Ouro Preto
"É assustador ver todo o rock ficar de direita"

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1980Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1980

O lado escuro do rock: você acredita em magia negra?O lado escuro do rock
Você acredita em magia negra?

Capas de disco: como seriam se fossem gifs animadosCapas de disco
Como seriam se fossem gifs animados

Max Cavalera: ele não aprova falas de Bolsonaro sobre índios e negrosMax Cavalera
Ele não aprova falas de Bolsonaro sobre índios e negros

Roger Daltrey: Axl Rose no AC/DC? Dá um tempo!Roger Daltrey
"Axl Rose no AC/DC? Dá um tempo!"


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336