Magician: um algo mais difícil de encontrar no gênero

Resenha - Tales Of The Magician - Magician

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

8


Um álbum que vem sendo comentado há tempos entre o público que aprecia Heavy Metal bem elaborado. Natural de Porto Alegre (RS), o Magician investiu muito para ter mais chances de conquistar uma boa posição no mercado metálico internacional. E todo o esforço fez com que os gaúchos liberassem "Tales Of The Magician" primeiramente no Japão, tendo uma boa recepção que também se espalhou pelo continente europeu.

Bom, apesar de parte do público headbanger brasileiro não dar os devidos créditos à saudável ambição e empenho da banda, o fato é que "Tales Of The Magician" enfim está chegando ao mercado brasileiro através da guerreira Die Hard Records. Seu Heavy Metal Melódico com elementos de Power e Progressivo possuem todas as conhecidas características, mas almeja aquele ‘algo mais’ que é difícil encontrar em função da saturação do gênero.

publicidade

Fazendo uso de temas relacionados à fantasia, as composições esbanjam feeling e pompa, são dramáticas na medida exata e com refrões de fácil assimilação. O cuidado com a diversidade do repertório tem como destaque absoluto a belíssima "Minstrel's Domain" (que inclusive traz uma versão em vídeo), cuja distorção é bem dosada com passagens acústicas; além das muito boas "Prime Evil" e "Sandstorm".

publicidade

Apenas complementando o esforço da banda em mostrar o melhor trabalho possível a um maior número de pessoas, o CD foi mixado e masterizado na Alemanha por ninguém menos que Dirk Schlächter (Gamma Ray), e o Magician tem como produtor Arne Lakenmacher, que já trabalhou com diversas bandas de renome internacional como Kreator, Primal Fear, Sodom, Nevermore, Destruction, etc.

publicidade

"Tales Of The Magician" insere o Magician em um patamar bem acima da média, e isso o comparando com o trabalho de outros grupos gringos que estão começando sua carreira. As cartas são boas e estão sobre a mesa. Agora é esperar pelos resultados...

Formação:
Dan Rubin - voz
Renato Osorio - guitarra
Cristiano Schmitt - guitarra
Elizandro Max - baixo
Zé Bocchi - bateria

publicidade

Magician - Tales Of The Magician
(2008 / Die Hard Records – nacional)

01. Tale I - Intro: Let the Spell Begin
02. Tale II - Prime Evil
03. Tale III - Underworld Terror
04. Tale IV - Sandstorm
05. Tale V - Terminal Day
06. Tale VI - Dark Ritual (Hear Your Master's Call)
07. Tale VII - Minstrel's Domain
08. Tale VIII - Siege On Zelgian
09. Tale IX - Crossing The Last Gate
10. Tale X - Finale: Let The Harmony Endure

publicidade

Homepage:
http://www.magician.com.br




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Black Sabbath: avó de Iommi era brasileira e pais eram católicosBlack Sabbath
Avó de Iommi era brasileira e pais eram católicos

Sonho de Consumo: os 10 palcos de shows mais desejadosSonho de Consumo
Os 10 palcos de shows mais desejados


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin