Metal Xmas: uma forma metal de celebrar o Natal

Resenha - We Wish You A Metal Xmas And A Headbanging New Year - Vários

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernão Silveira
Enviar correções  |  Ver Acessos


O que o Natal, uma das mais importantes celebrações cristãs, e o Heavy Metal, um gênero musical marginal e não raro praticado por agnósticos e satanistas, têm a ver? A princípio, nada. Pelo menos até o lançamento de "We Wish You A Metal Xmas And A Headbanging New Year", uma inusitada coletânea de músicas natalinas interpretadas por grandes nomes do rock pesado. Afinal de contas, nem todo metaleiro precisa ser de ferro.

Slash: guitarrista escolhe seus riffs favoritosCradle Of Filth: Dani Filth explica seu conceito de religião

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Discos natalinos são uma tradição ancestral da música popular norte-americana. Inúmeros artistas, desde ELVIS PRESLEY e JOHNNY CASH até MARIAH CAREY, já beberam nessa fonte, que parece muito longe de secar algum dia. Então, por que não convidar astros do metal para versões bastante particulares de clássicos como "Santa Claus is Coming to Town", "We Wish You a Merry Christmas" e "Silent Night"? A aposta deu certo e o resultado foi surpreendente.

Quase todos os discos-tributo - pelo menos os bons - são marcados por uma certa irreverência dos músicos convidados e pelo descompromisso com a fidelidade às versões originais, para que os artistas possam imprimir suas digitais em músicas que, de certa forma, estamos todos cansados de ouvir. E "We Wish You A Metal Xmas..." acerta em cheio nesta proposta.

Sob a produção de Bob Kulick (um inveterado arranjador de tributos) e Brett Chassen, feras como ALICE COOPER, Lemmy Kilmister (MOTÖRHEAD), Ronnie James Dio (DIO, HEAVEN & HELL), Tony Iommi (BLACK SABBATH, HEAVEN & HELL), Dave Grohl (FOO FIGHTERS), Chuck Billy (TESTAMENT) e Geoff Tate (QUEENSRYCHE), entre muitos outros, juntaram-se em torno da árvore de Natal para uma imperdível homenagem metaleira ao "Bom Velhinho" e a tudo mais que cerca esta festa tão especial.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Todas as versões presentes no álbum ficaram muito interessantes, talvez pelo inimaginável fato de ouvir canções tão tenras convertidas em heavy metal por cobras como Tim "Ripper" Owens (JUDAS PRIEST, ICED EARTH, BEYOND FEAR) e JEFF SCOTT SOTO. Mas certamente há algumas faixas que merecem um destaque especial.

Uma das melhores, senão a melhor, é "Run Rudolph Run", que ganhou nova vida com o power trio formado por Lemmy Kilmister (baixo e vocal), Billy F. Gibbons (guitarra) e Dave Grohl (bateria e backing vocal). É hilariante, no mínimo, ouvir Lemmy estimulando a rena Rudolph a conduzir o trenó do Papai Noel a tempo de entregar todos os presentes na noite de Natal!

Outra bolinha dourada nesta árvore de Natal metaleira é "Santa Claws is Coming to Town" - aqui Santa Claus (o Papai Noel) virou Santa Claws (algo como "garras santas") -, que foi regravada por um time de peso: ALICE COOPER (vocal), John 5 (guitarra), Billy Sheehan (baixo) e Vinny Appice (bateria). Nem é preciso dizer que Alice, com seu jeito todo particular de cantar historinhas de terror, fez este clássico natalino parecer a trilha sonora de um filme de Tim Burton.

O que dizer, então, de "God Rest Ye Merry Gentlemen"? Ronnie James Dio (vocal) e Tony Iommi (guitarra), acompanhados por Rudy Sarzo (baixo) e Simon Wright (bateria), transformaram esta canção - pouco conhecida em nosso repertório natalino - numa autêntica (e intensa) faixa do HEAVEN & HELL.

Mais uma que não pode passar sem comentários é "Silent Night", que nós conhecemos por aqui como "Noite Feliz". Interpretada por Chuck Billy (vocal), Scott Ian (guitarra), Jon Donais (guitarra), Chris Wyse (baixo) e John Tempesta (bateria), esta faixa é a mais doom de todo o álbum. Pesada, sombria e brutal, esta releitura de "Silent Night" mais parece o prenúncio de um massacre do que uma canção de Natal.

O mais bacana é que muitas outras faixas se destacam em "We Wish You A Metal Xmas...". Então, por que não trocar, em sua próxima ceia, a tradicional "Então é Natal", na voz de Simone, por "Happy Xmas (War Is Over)", com a interpretação de Tommy Shaw? É bem capaz que seus parentes não gostem muito da idéia, mas a sua "noite feliz" certamente será mais irreverente - e totalmente metaleira. Ho, ho, ho...!

"We Wish You A Metal Xmas And A Headbanging New Year" - Vários Artistas

1 - We Wish You A Merry Xmas (Jeff Scott Soto / Bob Kulick / Bruce Kulick / Chris Wyse / Ray Luzier)
2 - Run Rudolph Run (Lemmy Kilmister / Billy F. Gibbons / Dave Grohl)
3 - Santa Claws is Coming to Town (Alice Cooper / John 5 / Billy Sheehan / Vinny Appice)
4 - God Rest Ye Merry Gentlemen (Ronnie James Dio / Tony Iommi / Rudy Sarzo / Simon Wright)
5 - Silver Bells (Geoff Tate / Carlos Cavazo / James Lomenzo / Ray Luzier)
6 - Little Drummer Boy (Dug Pinnick / George Lynch / Billy Sheehan / Simon Phillips)
7 - Santa Claus Is Back In Town (Tim "Ripper" Owens / Steve Morse / Juan Garcia / Marco Mendoza / Vinny Appice)
8 - Silent Night (Chuck Billy / Scott Ian / Jon Donais / Chris Wyse / John Tempesta)
9 - Deck the Halls (Oni Logan / Craig Goldy / Tony Franklin / John Tempesta)
10 - Grandma Got Ran Over By A Reindeer (Stephen Pearcy / Tracii Guns / Bob Kulick / Billy Sheehan / Greg Bissonette)
11 - Rocking Round the Xmas Tree (Joe Lynn Turner / Bruce Kulick / Rudy Sarzo / Simon Wright)
12 - Happy Xmas (War Is Over) (Tommy Shaw / Steve Lukather / Marco Mendoza / Kenny Aronoff)

Gravadora: Armoury Records (nacional)




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs

Slash: guitarrista escolhe seus riffs favoritosSlash
Guitarrista escolhe seus riffs favoritos

Cradle Of Filth: Dani Filth explica seu conceito de religiãoCradle Of Filth
Dani Filth explica seu conceito de religião


Sobre Fernão Silveira

Paulistano, são-paulino, nascido nos "loucos anos 70" (1979 ainda é década de 70, certo?) e jornalista. Sua profissão já o levou a cobrir momentos antológicos da história da humanidade, como o título paulista do São Caetano, a conquista da Copa do Brasil pelo Santo André, a visita de Paris Hilton a São Paulo e shows de bandas como Judas Priest, Whitesnake, W.A.S.P., Megadeth, Slayer, Scorpions, Slipknot, Sepultura e por aí vai. Ainda tem muito gás para o nobre ofício jornalístico, mas acha que não vai muito mais longe depois de ter entrevistado Blackie Lawless, Glenn Tipton, Rogério Ceni e, claro, Paris Hilton.

Mais matérias de Fernão Silveira no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline