Whitesnake: fraco registro de banda que pode mais

Resenha - Live In The Shadow Of The Blues - Whitesnake

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Simas
Enviar correções  |  Ver Acessos


Gravado na turnê mundial de 2006, este duplo ao vivo traz também quatro novas músicas gravadas em estúdio, as primeiras em mais de uma década. Não há nenhuma informação sobre os shows que resultaram nas 20 faixas que compõem a parte ao vivo deste lançamento, sem datas específicas ou as cidades onde foram gravadas.

Rock Ao Vivo: fotos e resenha dos shows de Scorpions,WWhitesnake e Helloween em POASlayer: as preferências do guitarrista Kerry King

O encarte tem muitas fotos, mas a arte gráfica é bem pobre e as fotos de fraquíssima qualidade. Se ainda não bastasse a falta de informação, a qualidade sonora da parte ao vivo está bem aquém do esperado. É realmente difícil imaginar porque uma das maiores bandas de rock de todos os tempos libera um material tão abaixo da média. Não fosse um lançamento oficial, se confundiria por um bom pirata.

Superando todos os problemas iniciais, o repertório é bem escolhido e passeia por todas as fases da banda: desde as óbvias "Love Ain't No Stranger" e "The Deeper The Love", passando por rockaços "Bad Boys" (que abre o CD), "Slow & Easy" e "Ready & Willing", sem esquecer do medley "Burn / Stormbringer", dos tempos de Coverdale no Deep Purple e sucessos como "Ain't No Love In The Heart Of The City" e "Fool For Your Loving".

Tecnicamente a banda é excelente (na formação estão Doug Aldrich e Reb Beach nas guitarras, Timothy Drury no teclado, Uriah Duffy no baixo e o veterano Tommy Aldridge na bateria, além de, é claro, David Coverdale comandando a festa), mas não convence em alguns clássicos da fase mais blues rock. Se o desempenho em músicas como "Judgment Day" é excelente, músicas como "Walking In The Shadows Of The Blues", que pedem bem mais feeling, parecem perder bastante da sua essência, soando vazias em comparação as suas versões originais.

Já na parte de estúdio, o Whitesnake vai bem, principalmente para os fãs da fase hard rock, onde a banda teve seu maior sucesso comercial. A primeira, "Ready To Rock", é um hard rápido, com bons riffs, muita energia e Coverdale cantando de forma bastante rasgada. A segunda, "If You Want Me", é de longe a melhor e aponta para uma direção interessante, com uma pegada pesada, com muito punch e grandes melodias. "All I Want Is You" pode agradar os fãs e é o tipo de música com a marca registrada de David Coverdale, mas é a que menos chama atenção, até por não estar no nível das melhores baladas da banda. A quarta e última, "Dog", sobe a qualidade novamente e fecha a parte inédita do CD em grande estilo.

No final, um registro ao vivo fraco, de uma banda que pode render muito mais, principalmente pelos músicos que têm e pelos inúmeros clássicos do seu repertório. Acaba valendo praticamente pelas quatro últimas músicas, que mostram o Whitesnake ainda vivo e em boa forma (a banda acabou de lançar o novo CD de estúdio, Good To Be Bad), mesmo tendo vacilado em um lançamento importante, que marcava oficialmente a volta do grupo à ativa.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Whitesnake"


Rock Ao Vivo: fotos e resenha dos shows de Scorpions,WWhitesnake e Helloween em POARock In Rio 1985: História & Bastidores - Parte 1 (vídeo)

Rock in Rio: Whitesnake e Foo Fighters velhos e novos clássicos na Cidade do RockRock in Rio
Whitesnake e Foo Fighters velhos e novos clássicos na Cidade do Rock

Enciclopédia do Rock: Whitesnake por Adriano FalabellaWhitesnake: Galeria de fotos do show em Curitiba

Resenha - Rockfest (Allianz Parque, São Paulo, 21/09/2019)Resenha - Rockfest (Allianz Parque, São Paulo, 21/09/2019)

Rockfest SP: veja vídeos e repertórios de Scorpions, Whitesnake, Helloween e EuropeRockfest SP
Veja vídeos e repertórios de Scorpions, Whitesnake, Helloween e Europe

David Coverdale: no Rock in Rio 1985, voo com Freddie Mercury e jingle com Roupa NovaDavid Coverdale
No Rock in Rio 1985, voo com Freddie Mercury e jingle com Roupa Nova

Whitesnake: David Coverdale comemora aniversário com Scorpions em São PauloWhitesnake
David Coverdale comemora aniversário com Scorpions em São Paulo

Europe: Com tempestade, show não contou com seu maior clássico pela primeira vezEurope
Com tempestade, show não contou com seu maior clássico pela primeira vez

Scorpions, Whitesnake e Europe: veja o repertório das bandas no show em CuritibaScorpions, Whitesnake e Europe
Veja o repertório das bandas no show em Curitiba

Em Curitiba: granizo interrompe show do Europe e atrasa Whitesnake; veja vídeoEm Curitiba
Granizo interrompe show do Europe e atrasa Whitesnake; veja vídeo

Whitesnake: Coverdale trará a família para acompanhar os shows do BrasilWhitesnake
Coverdale trará a família para acompanhar os shows do Brasil

Whitesnake: vídeo da nova faixa "Trouble Is Your Middle Name"

Whitesnake: assista ao novo clipe da música Trouble Is Your Middle NameWhitesnake
Assista ao novo clipe da música "Trouble Is Your Middle Name"

Whitesnake: Is This Love foi composta para Tina Turner?Whitesnake
"Is This Love" foi composta para Tina Turner?

Vocalistas: belíssimos timbres de alguns cantores de rockVocalistas
Belíssimos timbres de alguns cantores de rock

1997: 15 discos de rock/metal que completam 20 anos de lançamento1997
15 discos de rock/metal que completam 20 anos de lançamento


Slayer: as preferências do guitarrista Kerry KingSlayer
As preferências do guitarrista Kerry King

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 2009Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 2009

Metallica: Lars Ulrich quase saiu no tapa com Lou ReedMetallica
Lars Ulrich quase saiu no tapa com Lou Reed

Motörhead: em 1995, Lemmy comenta versão do SepulturaMotörhead
Em 1995, Lemmy comenta versão do Sepultura

Pattie Boyd: o infernal triângulo com George Harrison e Eric ClaptonPattie Boyd
O infernal triângulo com George Harrison e Eric Clapton

Faculdade: burrice largar pra ficar na banda do colégioFaculdade
Burrice largar pra ficar na banda do colégio

Foo Fighters: Dave Grohl revela que fuma maconha para curar insôniaFoo Fighters
Dave Grohl revela que fuma maconha para curar insônia


Sobre Rodrigo Simas

Designer, carioca e tricolor. Começou a ouvir música aos 11 anos, com Iron Maiden, Metallica e Rush. Tem como hobby quase profissional, a música. Além de produzir shows e eventos, trabalhou por 5 anos em loja especializada em Heavy Metal, e já escreveu para alguns sites e revistas de música. Hoje escuta de tudo um pouco, e cada vez mais descobre que existem apenas dois tipos de música: a boa e a ruim, independente do estilo. Bandas e artistas favoritos: Dave Matthews Band, Peter Gabriel, Rush, Iron Maiden, Led Zeppelin, Ben Harper, Radiohead, System of a Down... e a lista continua...

Mais informações sobre Rodrigo Simas

Mais matérias de Rodrigo Simas no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336