Sabre: Hard Rock simples mas repleto de carisma

Resenha - Burning Wheels - Sabre

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Há algumas bandas que executam suas canções de forma extremamente simples, mas repletas de carisma. Assim funciona a coisa toda com o Sabre, banda natural de Videira, lá do oeste catarinense, e que está na ativa desde 2004. Elias 'Scopel' Liebl (voz e guitarra), Wagner 'Maschio' (baixo) e Mario 'Oliva' (bateria) já haviam liberado os EPs "Boemia" (05) e "Estrada de Rosas" (07) com ótima recepção entre o público amante do Hard Rock, e agora estréiam com seu primeiro CD, "Burning Wheels".

U2: as 10 melhores músicas de todos os tempos da bandaGuns N' Roses: a história da saída de cada integrante

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Como já foi citado, a banda prima pela simplicidade, mas possui uma seção instrumental interessante o suficiente para se sustentar sozinha e tem como acabamento linhas vocais totalmente convincentes. É como se o Sabre nascesse para fazer Hard Rock, nada soa forçado e capta com folgas muito da euforia e inocência que ajudaram o estilo a sobreviver por amargos períodos, onde se tornou comercialmente inviável em tantos países.

Esqueça o excesso de distorção... Muito do que se escuta em "Burning Wheels" segue por arranjos mais suaves, por vezes introspectivos e beirando o pop; e nem mesmo a maioria das canções sendo relativamente longas para o estilo - sete delas estão entre os cinco e sete minutos - compromete a audição, tal o nível de espontaneidade alcançado.

O repertório traz faixas para todos os gostos, se destacando "Burning Wheels", "Never Ending Road" e "Searching For A Moment", donas de bonitas melodias e ótimo trabalho de voz; além de "Breaking The Door", com aquele jeitão típico das trilhas sonoras de filmes do velho-oeste. Em um disco deste tipo é importante a presença de baladas, que ficam representadas pelas semi-acústicas "When The Woman Sun Shine" e "Children Of The Rock".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quem diria que, lá da pequena Videira, terra de honrados colonos, iria surgir um trio fazendo um som tão simpático? Guardadas as devidas proporções, dá para traçar alguns (somente alguns!) paralelos entre o Sabre e bandas norte-americanas como Firehouse e Bon Jovi. Se você é afeito ao Hard Rock, fica a recomendação de conhecer este grupo!

Contato: www.sabrerock.com.br

Sabre - Burning Wheels
(2007 / independente - nacional)

01. Seven Nights Seven Girls
02. Burning Wheels
03. Never Ending Road
04. Hey You F.D.P.
05. Searching For A Moment
06. Oriental Montain (instrumental)
07. When The Woman "Sun Shine"
08. Breaking The Door
09. Children Of The Rock




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Sabre"


U2: as 10 melhores músicas de todos os tempos da bandaU2
As 10 melhores músicas de todos os tempos da banda

Guns N' Roses: a história da saída de cada integranteGuns N' Roses
A história da saída de cada integrante


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280