Matérias Mais Lidas

imagemA melhor música de heavy metal lançada a cada ano desde 1970, em lista do Loudwire

imagemA música do Raul Seixas com erro gramatical que parece um plágio mas é uma homenagem

imagemFrank Zappa surpreende ao eleger seus dez álbuns favoritos

imagemAntes do Led Zeppelin, Robert Plant tentou entrar em outra banda famosa

imagemPantera tocará no festival Knotfest Brasil, segundo jornalista

imagemO arrependimento que David Bowie carregava em relação a Elvis Presley

imagemLed Zeppelin: O motivo pelo qual Jimmy Page não gosta de "All My Love"

imagemA reação do pai de Neil Peart quando ele se juntou ao Rush

imagemRolling Stones: Keith Richards compara tocar com Brian Jones, Mick Taylor e Ron Wood

imagemMustaine diz que tentou criar ambiente agradável para gravação de novo álbum do Megadeth

imagemO motivo pelo qual Frank Zappa não gostava de Jim Morrison e o The Doors

imagemMetallica e as músicas fantásticas que sempre ficam escondidas nas playlists

imagemTitãs: como surgiu o título do hit "Bichos Escrotos", segundo Nando Reis

imagemSteve Grimmett não estava doente antes de morrer, diz esposa

imagemA reação de Stevie Ray Vaughan ao ouvir Jimi Hendrix pela primeira vez


Stamp
2022/07/09

Subcyde: começo promissor embora sem diferencial

Resenha - Subcyde - Subcyde

Por Ben Ami Scopinho
Em 30/11/07

Nota: 8

O Subcyde vem de Estocolmo, Suécia, e foi formado no final de 1997. Ao longo dos anos soltou três demos que foram mostrando uma grande mudança em sua sonoridade, passando de algo próximo ao Nu-Metal até atingir a sonoridade atual, totalmente voltada para Thrash Metal. Atualmente contando com Antonio da Silva (voz), Ola Englund (guitarra), Martin Anderson (baixo) e Johan Wikforss (bateria), o grupo enfim chega ao tão aguardado primeiro álbum, auto-intitulado, que está saindo lá fora pela Last Entertainment Productions.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E os suecos souberam aproveitar todo o tempo que tiveram – que não foi pouco, convenhamos – para preparar as canções de seu debut. São 11 faixas donas de um Thrash Metal bem moderno e repleto de groove, com alguns resquícios do que era feito na velha Bay Área, além de uns poucos riffs que adentram pelo lado mais extremo da música. O vocalista Antonio da Silva, mesmo com influências do mestre Chuck Billy (Testament), mostra um estilo próprio e bem brutal; os riffs e solos também são eficientes e sem demasiadas extravagâncias, mas quem impressiona mesmo é a seção rítmica, um coquetel explosivo que sustenta com muita convicção o restante do conjunto, como em "A Sea Of Serpents" e "Pitchblack".

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Além da excelente produção, há muita coisa bem elaborada por aqui, como "Sentence Is Death" e a cadenciada "All For Extinction" (com os únicos teclados do disco), perfeitas para se bater cabeças. O Subcyde sabe fazer uso do legado que o Pantera deixou nas matadoras "Knives In The Dark" e "Power Smash", e se sai ainda melhor quando aumenta a velocidade em "War Infected" e "Testament".

Ainda que carente de certa individualidade, "Subcyde" é um começo bastante promissor. Se no futuro o grupo cumprir a difícil tarefa de apresentar algumas características próprias, aí sim, haverá maiores chances de se tornar um dos nomes vencedores dignos de exportação, coisa que a Suécia vem produzindo com certa regularidade. De qualquer forma, os headbangers fissurados em bandas como Exodus, Testament, Machine Head, Pantera e The Haunted poderão ter uma boa surpresa com este bom trabalho.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Subcyde - Subcyde
(2007 / Last Entertainment Productions - importado)

01. Knives In The Dark
02. War Infected
03. Power Smash
04. A Sea Of Serpents
05. Testament
06. Hollow Death
07. Sentence Is Death
08. Sacred Scars
09. Perfect Enema
10. Pitchblack
11. All For Extinction

Homepage: www.subcyde.com

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

2022/08/18


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Guns N' Roses: a versão de Axl Rose sobre a separação

Metal: 16 músicas dos anos 80 para se escutar durante o treino


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.