Linkin Park: mais pesado (mas nem tanto)

Resenha - Minutes To Midnight - Linkin Park

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Se você se assustou com as guitarras quando ouviu "Given Up", a primeira faixa do novo CD do Linkin Park, pode se acalmar: apesar de terem de fato feito um CD mais pesado (mas nem tanto), a banda nem mudou drasticamente. Mesmo com o barbudo Rick Rubin (que andou produzindo Slayer por exemplo) no comando da mesa de mixagem, e pelas fotos e caras más que podemos ver no encarte, no fundo ainda estamos ouvindo aqueles 6 caras jovens que fazem CDs na linha do chamado new-metal (embora os mesmos andem renegando o termo, assim como outros expoentes do estilo).

Sounds Entertainment: as 100 melhores músicas do Heavy MetalThe Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Minutes To Midnight" pode até impressionar pelo peso de "Given Up" e os berros de Chester Bennington, ou pela levada quase pop de "Leave Out All The Rest", mas "Bleed It Out" traz de volta o rock com inserções de rap e elementos modernos que sempre marcou a sonoridade do Linkin Park (aliás notou como essa música poderia ser "jingle" de calça jeans?).

As coisas continuam calmas com "Shadow Of The Day", boa música, para o retorno do peso com a excelente "What I've Done", comercial, agradável e acessível. Aliás o bom gosto dá a tona do CD: melodias simples (quase um U2 genérico) como em "No More Sorrow", músicas mais leves e menos experimentais (mais ainda new metal) como "Valentine's Day" e "The Little Things Give You Away", e momentos mais soturnos como "In Between".

Claramente a banda pegou seu estilo nu/new-metal e deu ao mesmo um banho de loja pop e algumas guitarras a mais, soando mais comercial e ao mesmo tempo bem mais agradável. Irá assustar alguns fãs, mas será bem aceita, já que os caras fizeram um bom trabalho nos 14 meses que ficaram trancafiados no estúdio (quase um Metallica!), entregando tudo quando faltavam poucos minutos para a meia-noite. Um bom CD.

Linkin Park - "Minutes To Midnight"
Warner - 2007 - Nacional

Line Up:
Chester Bennington - Vocais
Rob Bourdon - Bateria
Brad Delson - Guitarras
Joseph Hann - Samplers
Phoenix - Baixo
Mike Shinoda - DJ, Vocais, Samplers

Faixas:

Wake
Given Up
Leave Out All The Rest
Bleed It Out
Shadow Of The Day
What I've Done
Hands Held High
No More Sorrow
Valentine's Day
In Between
In Pieces
The Little Things Give You Away

Site Oficial: http://www.linkinpark.com


Outras resenhas de Minutes To Midnight - Linkin Park

Linkin Park: culhões de menos, baladas de mais




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Linkin Park"


Linkin Park: Perdemos fãs ao longo do caminho intencionalmenteLinkin Park
"Perdemos fãs ao longo do caminho intencionalmente"

Toni Cornell: filha de Chris Cornell canta em homenagem a ele e ChesterToni Cornell
Filha de Chris Cornell canta em homenagem a ele e Chester


Sounds Entertainment: as 100 melhores músicas do Heavy MetalSounds Entertainment
As 100 melhores músicas do Heavy Metal

The Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todosThe Voice Kids
Garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

adGoo336