Matérias Mais Lidas

Brian May: após quase ser cancelado, guitarrista pede desculpas por comentáriosBrian May: após quase ser cancelado, guitarrista pede desculpas por comentários

Viper: ouça versão da banda brasileira para Prowler, do Iron MaidenViper: ouça versão da banda brasileira para "Prowler", do Iron Maiden

David Lee Roth: Ele sempre será um dos melhores, afirma Wolfgang Van HalenDavid Lee Roth: "Ele sempre será um dos melhores", afirma Wolfgang Van Halen

Freddie Mercury: assistente pessoal explica por que ele nunca assumiu sua sexualidadeFreddie Mercury: assistente pessoal explica por que ele nunca assumiu sua sexualidade

Mortal Kombat: Cinco personagens do famoso jogo que são totalmente heavy metalMortal Kombat: Cinco personagens do famoso jogo que são totalmente heavy metal

Megadeth: John Bonham ou Neil Peart? Dirk Verbeuren escolhe e explicaMegadeth: John Bonham ou Neil Peart? Dirk Verbeuren escolhe e explica

Ozzy Osbourne: ex-guitarrista conta porque Ozzy odeia um dos seus álbuns soloOzzy Osbourne: ex-guitarrista conta porque Ozzy odeia um dos seus álbuns solo

Cradle Of Filth: como pais de Dani Filth reagiram quando ele decidiu viver da bandaCradle Of Filth: como pais de Dani Filth reagiram quando ele decidiu viver da banda

Exodus: Gary Holt assustou profissional da saúde ao mostrar o que faz no palcoExodus: Gary Holt assustou profissional da saúde ao mostrar o que faz no palco

Champignon: como morte de Chorão e críticas abalaram o baixista, segundo Tadeu PatollaChampignon: como morte de Chorão e críticas abalaram o baixista, segundo Tadeu Patolla

Pop music: 20 músicas lançadas nos anos 90 que o metaleiro ouvia ou ainda ouve escondidoPop music: 20 músicas lançadas nos anos 90 que o metaleiro ouvia ou ainda ouve escondido

Angra: Fabio Lione revela a única coisa que não gostou no processo de se juntar a elesAngra: Fabio Lione revela a única coisa que não gostou no processo de se juntar a eles

Black Sabbath: nas redes sociais, banda celebra o aniversariante Ozzy OsbourneBlack Sabbath: nas redes sociais, banda celebra o aniversariante Ozzy Osbourne

Paul Di'Anno: bem humorado em vídeo recebendo drenagem linfática pós cirurgiaPaul Di'Anno: bem humorado em vídeo recebendo drenagem linfática pós cirurgia

Power metal: 10 grandes baladas escritas por bandas do estiloPower metal: 10 grandes baladas escritas por bandas do estilo


Garimpeiro

Sunseth Midnight: "In Goth We Trust!"

Resenha - Sun Seth - Sunseth Midnight

Por Maurício Dehò
Em 14/04/07

Nota: 8

Amantes do som gótico, estilo que tem vindo com força de países como a Finlândia, e de algumas batidas eletrônicas em uma levada mais industrial, uma opção caseira surgiu com o nome Sunseth Midnight. O quinteto paulista (hoje um sexteto) apareceu em 2003 e lançou no último ano seu debut, tentando galgar espaço nesse cenário um pouco mais específico do rock/metal e que não tem representantes de peso no Brasil.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Com Roger Lombardi (vocal, ex-Midnight), Ricardo Campos (guitarra e teclado, ex-C.O.D.E., Threat), Ricardo Picolli (baixo, ex- Dead Nature e Scars Souls), Ricardo Batalha (bateria, ex-Midnight) e, posteriormente, Theo Vieira (guitarra e teclado, também do Hard Rocket), lançaram "Sun Seth", pela Hellion Records, com uma produção muito bem cuidada, feita pela própria banda, com Theo e Campos, em parceria com Beto Carezzato.

Um aspecto interessante é todo o lado à parte da música em si, com a ligação mitológica usada em letras e símbolos do conjunto. A começar pela própria capa, uma mariposa num fundo preto, que não poderia ser mais alusiva à noite, além do visual carregado do quinteto. E tem mais, o nome Sunseth Midnight remete a pôr-do-sol, da palavra sunset em inglês, junta a Seth, deus egípcio do caos, além de também ser grafado por eles como SS00. Misterioso? Então dê uma olhada na capa do encarte caprichado ("Sun Seth" foi lançado num belo digipack), que tem uma imagem um tanto assustadora...

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Música também há, é claro, e para quem gosta de Paradise Lost, H.I.M., The 69 Eyes entre tantos outros como os veteranos do The Sisters Of Mercy, o prato deve ficar cheio com as 14 faixas deste álbum. O foco principal das composições parece sempre ficar com a voz bem grave de Roger, característica até caricata do estilo, e os teclados/sintetizadores, com um som muitas vezes puxado para orquestrações e música clássica. As guitarras também têm seu destaque, com bons solos e riffs simples, ficando mais na parte rítmica com o baixo e a bateria bem reta e sem firulas de Batalha (hoje, o batera não está mais na banda, por problemas médicos e, em seu lugar, entrou Luis Bueno).

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Mas a diferença mesmo fica pela parceria vocal de Roger e Theo nos refrões, o que com certeza já é uma das marcas registradas do Sunseth Midnight. Os gravíssimos do primeiro com a voz mais aguda do segundo combinam muito bem e dão um efeito diferenciado nas canções.

Entre os destaques estão a abertura com "Stop Haunting Me", que logo fica na cabeça, com um refrão bem meloso, e a próxima "The Night’s Still Young", na mesma levada. "Where I Belong" é ainda mais para o industrial, lembrando o inigualável Rammstein, "Bleed Me" tem destaque total para a bela linha de piano e a seguinte, "Just An Illusion", aposta em vocais ainda mais variados: graves, agudos, sujos e limpos. Já as letras, como o próprio grupo explica, falam no geral de vampirismo, dualidades como bem e mal, além de ocultismo e magia, para citar alguns dos temas.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Passando por sons mais dark, como "The Bat", com seus interessantes corais gregorianos, e o órgão misterioso de "Nosferatu", e antes de chegar a cansar o ouvinte por serem 14 músicas e mais de uma hora de CD, "(She’s Not) Innocent" e "Burning the Night For You" vem para aumentar um pouco a velocidade e dar um novo gás. A surpresa mesmo, mostrando ainda mais o quanto o som da banda é bem trabalhado e pensado, e o quanto eles já sabem a que vieram, é a épica "Sun Seth", com nove minutos. Grandiosa, possui um clima oriental e relacionado ao Egito, com a presença de sons de cítaras e um andamento bem arrastado.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Num mercado com poucas opções como o brasileiro, o Sunseth Midnight vem para dar um belo chutão inicial, em uma estréia ainda a ser bastante falada. Alguns podem ficar na expectativa de algumas passagens mais pesadas, que parecem querer surgir e ficam só na promessa, mas, no geral, as faixas devem agradar bastante aos amantes do gótico. E ainda é só o início mesmo, já que até o bordão que inventaram, "In Goth We Trust" (ao invés do comum "In God We Trust"), dá uma idéia que a trilha só começou. Quem quiser, confie também!

Formação no álbum:
Roger Lombardi – vocal
Ricardo Campos – guitarra e teclado
Theo Vieira – guitarra e teclado
Ricardo Picolli – baixo
Ricardo Batalha – bateria

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Track list:
1. Crystal Teardrops
2. Stop Haunting Me
3. The Night's Still Young
4. Where I Belong
5. Bleed Me
6. Just An Illusion
7. Loneliness
8. Dance With The Fire
9. The Bat
10. Nosferatu
11. A Good Carrousel
12. (She's Not) Innocent
13. Burning The Night For You
14. Sun Seth

Lançamento Hellion Records – nacional – 2006


Outras resenhas de Sun Seth - Sunseth Midnight

Resenha - Sun Seth - Sunseth Midnight

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Death Metal: as 10 melhores bandas de acordo com a AOLDeath Metal
As 10 melhores bandas de acordo com a AOL

Lista: clássicos do rock e do metal que ninguém aguenta mais ouvir - Parte 1Lista
Clássicos do rock e do metal que ninguém aguenta mais ouvir - Parte 1


Sobre Maurício Dehò

Nascido em 1986, é mais um "maidenmaníaco". Iniciou-se no metal ao som da chuva e dos sinos de "Black Sabbath", aos 11 anos, em Jundiaí/SP. Hoje morando em São Paulo, formou-se em jornalismo pela PUC e é repórter de esportes, sem deixar de lado o amor pela música (e tentando fazer dela um segundo emprego!). Desde meados de 2007, também colabora para a Roadie Crew. Tratando-se do duo rock/metal, é eclético, ouvindo do hard rock ao metal mais extremo: Maiden, Sabbath, Kiss, Bon Jovi, Sepultura, Dimmu Borgir, Megadeth, Slayer e muitas, muitas outras. E é de um quarteto básico que espera viver: jornalismo, esporte, música e amor (da eterna namorada Carol).

Mais matérias de Maurício Dehò.