Resenha - Völkerball - Rammstein

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Zanetti
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 10


Algumas bandas lançam diversos álbuns ao vivo em suas carreiras repetindo sempre as mesmas músicas. Outras bandas, como o Rammstein, lançam o suficiente e na hora certa - "Völkerball" foi lançado oito anos após o ótimo "Live Aus Berlin", de 1998.

Led Zeppelin: a inspiração por trás de "Kashmir"Jack Bruce: "Foda-se o Led Zeppelin, eles são um lixo!"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A formação do Rammstein permanece a mesma do início da carreira: Till Lindemann no vocal, Richard Kruspe e Paul Landers nas guitarras, Oliver Riedel no baixo, Cristopher Shneider na bateria e Flake no teclado. Mas a diferença entre os dois DVDs é gritante.

"Völkerball" (que significa "festa do povo" ou "festa popular") traz como carro chefe um show completo gravado em Nimes, na França, durante a turnê do quarto álbum da banda, o ótimo "Reise Reise". Além disso, traz ainda quatro músicas executadas na Inglaterra, três no Japão e uma em Moscou, na Rússia. De lambuja, ao comprar o DVD, ganha-se ainda um CD com 16 (na verdade 15, pois o DVD não apresenta "intro") das 19 músicas do show de Nimes.

O setlist do show de Nimes traz em comum com o "Live Aus Berlin" apenas 5 músicas ("Asche zu Asche", "Du Riechst So Gut", "Du Hast", "Sehnsucht" e "Rammstein"). De resto, tudo material novo e muito bem executado. É visível a empolgação da platéia em todos os momentos do show (inclusive na balada "Ohne Dich").

A interpretação dos integrantes é um espetáculo à parte. Em "Feuer Frei!", por exemplo, Till, Richard e Paul usam máscaras com lança-chamas acoplados; na música "Mein Teil" (que fala sobre Armin Meiwes, o famoso canibal alemão), Till aparece todo sujo de "sangue", com um avental, um microfone em forma de faca e um chapéu de cozinheiro. Consigo, ele traz uma panela gigante e esfumaçante com o tecladista Flake dentro. Durante a performance, Till chega a aquecer a panela e o tecladista com um lança-chamas para depois persegui-lo com a faca na mão; enfim, cada música tem sua (muito bem executada) performance.

Musicalmente falando, o show também é de ótima qualidade. Embora o arranjo de algumas músicas tenha sido levemente alterado (principalmente no que se diz respeito à bateria), a execução é bem fiel às originais. E o DVD ainda conta com o cover de "Stripped", do Depeche Mode.

Um ótimo registro, tanto para fãs quanto para quem quiser conhecer a banda.

NIMES
1. Reise, Reise
2. Links 2 3 4
3. Keine Lust
4. Feuer Frei!
5. Asche zu Asche
6. Morgenstern
7. Mein Teil
8. Stein um Stein
9. Los
10. Du Riechst so Gut
11. Benzin
12. Du Hast
13. Sehnsucht
14. Amerika
15. Rammstein
16. Sonne
17. Ich Will
18. Ohne Dich
19. Stripped

LONDRES
1. Sonne
2. Rein Raus
3. Ohne Dich
4. Feuer Frei!

TOKYO
1. Mein Teil
2. Du Hast
3. Los (trailer)

MOSCOU
1. Moskau




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Rammstein"


Riffs parecidos: Led, Sabbath, Maiden, Metallica, Dio, AC/DC e maisRiffs parecidos
Led, Sabbath, Maiden, Metallica, Dio, AC/DC e mais

Guns N' Roses: e se Welcome to the Jungle fosse do Rammstein?Guns N' Roses
E se "Welcome to the Jungle" fosse do Rammstein?


Led Zeppelin: a inspiração por trás de KashmirLed Zeppelin
A inspiração por trás de "Kashmir"

Jack Bruce: Foda-se o Led Zeppelin, eles são um lixo!Jack Bruce
"Foda-se o Led Zeppelin, eles são um lixo!"


Sobre Thiago Zanetti

Nascido em 1986 e apaixonado por música, Thiago é formado em Jornalismo pela Unesp de Bauru, mas é natural de Sorocaba/SP. Ouve de tudo, desde grindcore até música clássica, passando por diversos gêneros de música nacional e estrangeira. Toca em uma banda cover de Metallica, mas não tem preconceito musical: se é som, está ouvindo. Sempre aberto a novas bandas.

Mais matérias de Thiago Zanetti no Whiplash.Net.

adGoo336