Resenha - Aurora Consurgens - Angra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Acho que estou mexendo num vespeiro... é isso que estou pensando agora no momento que redijo estas linhas resenhando o novo CD do Angra... afinal, estamos falando de uma banda importantíssima para o cenário heavy nacional, e uma banda que possui os fãs mais fiéis que você possa imaginar (só comparados aos do Iron Maiden). Mas trata-se de uma banda talentosíssima, que merece estar aonde está e que, após lançar um de seus mais ousados CD’s (“Temple Of Shadows”) e divulgá-lo numa extensa (penso eu que mais do que deveria até) turnê, lança este novo “Aurora Consurgens”, inspirado em textos medievais de São Tomás de Aquino e que basicamente lida com a loucura, insanidade, e diversos estados mentais. Apesar de não ser uma obra conceitual, o tema é abordado em várias faixas do CD.
147 acessosAltair: comédia diabólica de Progressive/Power Metal5000 acessosSign of the horns: o sinal do Demônio

Curiosamente (?) algumas semanas antes do lançamento, uma suposta versão pirata foi disponibilizada na net. Com qualidade inferior ao CD pronto, e com ordem de faixas trocadas, foi alvo de diversos comentários em todos os fóruns, locais de discussão e portais possíveis. Com o CD em mãos, podemos dizer que estamos diante de um Angra mais crú, mais direto e menos preocupado com experimentações. Se chamei “A Matter Of Life And Death” do Iron Maiden de PF (prato-feito), digo o mesmo deste Angra novo. Antes de me achincalhar de novo, leia pelo menos a resenha e tente entender o que planejo passar com tal designação.

“The Course Of Nature” (primeiro single) é uma faixa curta, direta, e interessante. Com introdução em ritmo brazuca, e vocais agressivos (afinal Edu Falaschi está em seu território, e consegue sua melhor performance em uma música do Angra, na opinião deste). “The Voice Commanding You” repete a proposta, com riffs speed, a bateria de Aquiles Priester em destaque e melodias que remetem a “Carry On”. O começo lento de “Ego Painted Gray” esconde uma levada prog que remete ao Rush e Dream Theater, só que com uma pegada mais pesada, similar ao que o Angra usou e abusou em “Temple Of Shadows”.

De fato quem se deliciou com “Temple Of Shadows” certamente irá se assustar com a crueza das canções aqui apresentadas. “Salvation Suicide”, “Window To Nowhere” (excelente mudança de andamento) e “Scream Your Heart Out” estão entre as faixas mais pesadas mais cruas já gravadas pelo Angra. Já o lado experimental é satisfeito com “So Near So Far” (percussão, cordas, e um Edu inspirado) e na levada prog de “Passing By” (possivelmente resultado dos trabalhos de “Leave Now” do Karma, já que é assinada pelo baixista de ambas as bandas, Felipe Andreoli). Para encerrar o CD, uma belíssima balada, “Abandoned Fate”, com voz e violão. Aliás, vale citar que além do bom trabalho de guitarras, Edu Falaschi é o destaque desse CD. Com vocais mais graves e uma interpretação soberba, ele se sobressai.

Ok, não é o melhor CD da banda... mas um PF bem azeitado, aonde o bife saiu muito bem passado, a farofa de alto nível, o arroz com feijão com um bom tempero e o cozinheiro em dia inspirado. Fica a sensação de que a banda aproveitou este CD para tomar fôlego para um projeto maior e mais ousado, será que estou certo? Só o futuro dirá...

2006 – Rock Brigade Records (NACIONAL)

Site Oficial: http://www.angra.net

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Aurora Consurgens - Angra

5000 acessosResenha - Aurora Consurgens - Angra

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

AngraAngra
Em vídeo, Rafael revela nome e conceito do novo álbum

147 acessosAltair: comédia diabólica de Progressive/Power Metal787 acessosAngra Fest: com Massacration, Geoff Tate, Noturnall e outros0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Angra"

Andre MatosAndre Matos
Vídeo de 2000 explicando saída do Angra

Abrindo o jogoAbrindo o jogo
Entrevista com Edu Falaschi

Rock e MetalRock e Metal
Algumas das melhores duplas de guitarristas

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"

Raise the hornsRaise the horns
A origem de um dos simbolos mais fortes do Heavy Metal

Black SabbathBlack Sabbath
"Iron Man" em inusitado baixo artesanal

ManowarManowar
Você acha as fotos da década de 80 ridículas?

5000 acessosSeparados no nascimento: Alice Cooper e Emerson Fittipaldi5000 acessosAlice in Chains: mensagem subliminar na capa de "The Devil Put Dinosaurs Here"5000 acessosMega-hits Manjados: 10 clássicos que se tornaram clichês5000 acessosGuns N' Roses: comediante amigo dos caras diz que ajudou na reunião5000 acessosIgor Cavalera: "quem reclama da música atual é preguiçoso"5000 acessosLoudwire: os 25 melhores álbuns de metal extremo da história

Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online