Resenha - Aurora Consurgens - Angra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Acho que estou mexendo num vespeiro... é isso que estou pensando agora no momento que redijo estas linhas resenhando o novo CD do Angra... afinal, estamos falando de uma banda importantíssima para o cenário heavy nacional, e uma banda que possui os fãs mais fiéis que você possa imaginar (só comparados aos do Iron Maiden). Mas trata-se de uma banda talentosíssima, que merece estar aonde está e que, após lançar um de seus mais ousados CD’s (“Temple Of Shadows”) e divulgá-lo numa extensa (penso eu que mais do que deveria até) turnê, lança este novo “Aurora Consurgens”, inspirado em textos medievais de São Tomás de Aquino e que basicamente lida com a loucura, insanidade, e diversos estados mentais. Apesar de não ser uma obra conceitual, o tema é abordado em várias faixas do CD.

870 acessosRafael Bittencourt: "Eu nunca fui tão feliz", making of #235000 acessosHeavy Metal: os 10 melhores solos de guitarra de todos os tempos

Curiosamente (?) algumas semanas antes do lançamento, uma suposta versão pirata foi disponibilizada na net. Com qualidade inferior ao CD pronto, e com ordem de faixas trocadas, foi alvo de diversos comentários em todos os fóruns, locais de discussão e portais possíveis. Com o CD em mãos, podemos dizer que estamos diante de um Angra mais crú, mais direto e menos preocupado com experimentações. Se chamei “A Matter Of Life And Death” do Iron Maiden de PF (prato-feito), digo o mesmo deste Angra novo. Antes de me achincalhar de novo, leia pelo menos a resenha e tente entender o que planejo passar com tal designação.

“The Course Of Nature” (primeiro single) é uma faixa curta, direta, e interessante. Com introdução em ritmo brazuca, e vocais agressivos (afinal Edu Falaschi está em seu território, e consegue sua melhor performance em uma música do Angra, na opinião deste). “The Voice Commanding You” repete a proposta, com riffs speed, a bateria de Aquiles Priester em destaque e melodias que remetem a “Carry On”. O começo lento de “Ego Painted Gray” esconde uma levada prog que remete ao Rush e Dream Theater, só que com uma pegada mais pesada, similar ao que o Angra usou e abusou em “Temple Of Shadows”.

De fato quem se deliciou com “Temple Of Shadows” certamente irá se assustar com a crueza das canções aqui apresentadas. “Salvation Suicide”, “Window To Nowhere” (excelente mudança de andamento) e “Scream Your Heart Out” estão entre as faixas mais pesadas mais cruas já gravadas pelo Angra. Já o lado experimental é satisfeito com “So Near So Far” (percussão, cordas, e um Edu inspirado) e na levada prog de “Passing By” (possivelmente resultado dos trabalhos de “Leave Now” do Karma, já que é assinada pelo baixista de ambas as bandas, Felipe Andreoli). Para encerrar o CD, uma belíssima balada, “Abandoned Fate”, com voz e violão. Aliás, vale citar que além do bom trabalho de guitarras, Edu Falaschi é o destaque desse CD. Com vocais mais graves e uma interpretação soberba, ele se sobressai.

Ok, não é o melhor CD da banda... mas um PF bem azeitado, aonde o bife saiu muito bem passado, a farofa de alto nível, o arroz com feijão com um bom tempero e o cozinheiro em dia inspirado. Fica a sensação de que a banda aproveitou este CD para tomar fôlego para um projeto maior e mais ousado, será que estou certo? Só o futuro dirá...

2006 – Rock Brigade Records (NACIONAL)

Site Oficial: http://www.angra.net

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Aurora Consurgens - Angra

5000 acessosResenha - Aurora Consurgens - Angra


870 acessosRafael Bittencourt: "Eu nunca fui tão feliz", making of #23300 acessosRedeTV!: Sonoridades entrevista a banda Angra nesta quinta-feira525 acessosAngra Fest: Fabio Lione e Pompeu convidam fãs para o festival3742 acessosNando Moura: a trolagem do Megadeth e o Top 5 do Kiko Loureiro3775 acessosAngra: "É o melhor baixista com quem eu já trabalhei, um MONSTRO!"5000 acessosKiko Loureiro: "minha resposta para o Nando Moura"0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Angra"

W.A.S.P.W.A.S.P.
Aquiles Priester será o baterista da nova turnê

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Edu Falaschi e Luciano Huck

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Luis Mariutti e Jesus Cristo

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"


Heavy MetalHeavy Metal
Os 10 melhores solos de guitarra de todos os tempos

TrollagemTrollagem
Quando as bandas decidem zoar com o playback

Dimebag DarrellDimebag Darrell
Namorada fala sobre a vida ao lado do músico

5000 acessosHetfield: egos, Mustaine, Load e homossexualidade no Metallica5000 acessosGuitar Hero: veja como o jogo desgraçou uma geração inteira5000 acessosLegião Urbana: O dia em que Renato calou a plateia do Programa Livre5000 acessosDavid Bowie: a última foto pública e a última foto privada5000 acessosSlash: guitarrista morria de medo de contrair AIDS5000 acessosTestament: Como alguém gosta de Sabbath e Led e odeia os Beatles?

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online