Resenha - Marbles on the Road - Marillion

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo
Enviar Correções  


Quer um bom motivo para gastar uma graninha a mais com um lançamento internacional? Pois aqui está o motivo. O mais recente DVD do Marillion é simplesmente avassalador do início ao fim, e mesmo os puritanos que defendem a fase Fish com unhas e dentes irão se apaixonar.

Mark Wilkinson: ilustrando Maiden, Priest, Marillion e muitos outros (podcast)

Slash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?

Voltando à sua era de Brave e pegando tudo aquilo que deu certo durante sua carreira, o Marillion lança um disco excepcional, Marbles, e aqui está o resultado de sua turnê. O disco é executado na íntegra. Bem, pelo menos a versão retail (retalhada). Infelizmente tivemos uma sacanagem de gravadora que simplesmente retalhou o álbum duplo da banda; o disco está vendendo lá no exterior nas duas versões, a dupla e a simples. Aqui nesta apresentação temos a performance na íntegra da versão simples, e mais algumas surpresas reservadas no segundo DVD.

O DVD abre com uma performance avassaladora de "The Invisible Man". Segue a ponte com "Marbles I" e temos a contagiante "You're Gone", o primeiro single de Marbles. Em seguida Hogart nos apresenta a belíssima "Angelina" e segue a segunda ponte, "Marbles II", para depois, num clima descontraído, nos apresentarem o segundo single de Marbles, "Don't Hurt Yourself". Então somos levados ao "Fantastic Place" num clima intimista e introspectivo e segue a próxima ponte com "Marbles III", ponte que leva à ótima "The Damage". Última ponte, "Marbles IV", com uma pequena rata do Kelly no começo, mas nada pra se preocupar, e em seguida a banda fecha o set de Marbles com a sensacional "Neverland", todos muito bem sintonizados, proporcionando uma performance inesquecível.

No resto do set do DVD 1, temos uma ótima performance de "Bridge" e "Living With the Big Lie", do Brave, "The Party", com a banda resgatando uma de suas melhores composições do Holidays in Eden, a vibrante "Uninvited Guest" do Seasons End, primeiro de Hogart com o grupo, e fechando com a contagiante "Cover My Eyes". Fechando o primeiro DVD, claro. Como extras, temos uma entrevista com toda a banda falando um pouco sobre seu novo álbum, e dois clipes, logicamente de seus singles, "You're Gone" e "Don't Hurt Yourself".

Muda-se para o DVD 2 e temos o que o grupo entitulou de The Lost Marbles. Num primeiro momento, temos o que ainda rolou na mesma apresentação do DVD 1. O resto do set pode vir a incomodar aqueles que não são tão chegados nos últimos discos da banda, mas vale à pena ser conferido. A banda abre o DVD 2 com duas do Anoraknophobia, a longa "This is the 21st Century" e "Quartz". Temos uma boa performance de "Estonia" do álbum This Strange Engine e outra ótima performance de "Afraid of Sunlight", do álbum homônimo. Às voltas com Brave, temos a belíssima "The Great Escape", mais uma do Afraid of Sunlight, "King", e para fechar a apresentação, outra do Seasons End, a bela "Easter".

Como extras, temos uma apresentação do grupo que saiu em bootleg, contando com as músicas "Angelina", "Neverland", "Don't Hurt Yourself" com Pete e Rothery trocando os instrumentos, e o filé mignon da apresentação, a fantástica "Ocean Cloud", música do Marbles que ficou de fora da versão retail do álbum. Outros extras são versões alternativas dos clipes de "You're Gone" e "Don't Hurt Yourself".

A banda continua afiada como sempre, com um Trewavas dançante e um Hogart teatral e muito simpático, mesmo com o mindinho quebrado e dando conta de fazer suas partes nos teclados, guitarra e violão. Destaque também para a performance soberba de Rothery, as melodias cativantes de Mark Kelly e a bateria certeira de Ian Mosley, que estão impecáveis.

Os pontos negativos ficam por conta de:

1) o DVD e o álbum inexplicavelmente não terem sido lançados no Brasil;

2) o DVD foi gravado com sistema de cores PAL, o sistema europeu que não é reconhecido aqui na América. Por isso, certifique-se de ter um aparelho de DVD compatível com este sistema ou um drive de DVD no computador para assistí-lo a cores.

No geral, um DVD que vale e muito à pena ser conferido.

Marillion:
Steve Hogart - vocais, teclados, guitarra, violão e percussão
Steve Rothery - violão, guitarra e baixo
Pete Trewavas - Baixo e violão
Mark Kelly - teclados, sintetizadores e efeitos
Ian Mosley - bateria

Site: http://www.marillion.com




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Mark Wilkinson: ilustrando Maiden, Priest, Marillion e muitos outros (podcast)


Brasil: Bandas que gravaram discos ao vivo em nosso paísBrasil
Bandas que gravaram discos ao vivo em nosso país

Mike Portnoy: os dez melhores discos de rock progressivoMike Portnoy
Os dez melhores discos de rock progressivo


Slash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?Slash
Por que ele usa óculos escuros o tempo todo?

Steven Tyler: vocalista admite que já queimou a roscaSteven Tyler
Vocalista admite que já queimou a rosca


Sobre Ricardo

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin