RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemLed Zeppelin e a bateria que ninguém acreditava que um ser humano conseguiria tocar

imagemJovens sem noção vandalizam o lugar da capa de estreia do Black Sabbath

imagemRegis Tadeu e os cinco grandes vocalistas que o mundo do Rock não dá valor

imagemArch Enemy e Behemoth tocarão no Brasil em novembro; confira datas e locais

imagemO hit da Legião Urbana que utiliza recurso sonoro consagrado pelos Beatles

imagemJô Soares comprou uma obra de arte do Rock por causa do Regis Tadeu

imagemLars Ulrich sobre "Fade to Black": Frequentemente sinto haver dois Metallicas

imagemA curiosa ligação vocal entre Ney Matogrosso e Andre Matos, segundo Bruno Sutter

imagemA música do Metallica que James não queria apresentar aos outros integrantes

imagemJoão Gordo explica porque Anitta está fazendo o que as bandas de Rock deviam fazer

imagemFãs detonam produção do Knotfest após anúncio do Pantera

imagemO curto e grosso motivo pelo qual Zappa vetava que seus músicos usassem coisas químicas

imagemAmy Lee surpreende ao escolher os melhores cantores (e cantoras) de todos os tempos

imagemO carinhoso jeito de Axl Rose se desculpar com sua equipe pelo seu jeito imprevisível

imagemDee Snider diz que faliu na década de 1990 e fingia ser outra pessoa


Stamp
2022/07/09

Resenha - Demogenic - Arena Age

Por Drustan
Em 14/11/02

Nota: 8

Esta demo se trata, na realidade, de uma prévia do próximo trabalho dos gaúchos do ARENA AGE, sendo que as canções aqui apresentadas seguem a mesma linha do primeiro ("From The Ashes..."), trazendo influências do PANTERA e do METALLICA antigos, além do que o meu colega Marcos comentou, alguns "toques de Thrash atual, a la MACHINE HEAD e SLAYER (nos últimos CDs)".

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Porém, vale ressaltar que a produção está um pouco melhor, principalmente no que tange à mixagem do baixo e guitarra, que aparecem de forma bem mais marcante que no seu antecessor.

Por outro lado, a entrada de mais um guitarrista (Rafael Porcher), tornou o som mais pesado, ao mesmo tempo em que denota a possibilidade da banda trabalhar mais seu som (principalmente ao vivo).

Agora só resta aguardar o novo álbum, que provavelmente se chamará "Eugenics, a sair em 2003, e a julgar o conteúdo desta demo, têm tudo para ser um dos grandes lançamentos do ano!

Faixas:
Cold Hero
Dissonant
Blood Rush
Total time: 13:24

Formação:
Everton Acosta (guitarra)
Rafael Porcher (guitarra)
Juliano Santanna (bateria)
Juliano Ângelo (baixo, vocal)
Josh Santanna (vocal)

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Site oficial: www.arenaband.com.br.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

2022/08/18


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Kurt Cobain e a banda brasileira que mexeu com ele: "eles foram muito revolucionários"

O trocadilho picante que Ney fazia em "Pro Dia Nascer Feliz" que Cazuza gargalhava