Resenha - Ready to Rise - Rising

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Paulo Finatto Jr.
Enviar correções  |  Ver Acessos


Nota: 7,5

Enganados estão aqueles que pensam que influências do heavy melódico vêm pelo uso dos dois bumbos, vocal agudo, etc. O Rising pratica o estilo heavy tradicional, mas sempre com uma grande influência do melódico, não pelo citado acima, mas sim pelo peso dos riffs da guitarra e rapidez do baixo.

A banda vem de Santo André, São Paulo, e é formadas por Danilo e Fernando (guitarras), Eduardo (bateria), Randal (baixo) e conta com a participação de Armando Rocha, da banda Darkland nos vocais. Pena que a demo possui só duas músicas, mas só por elas já podemos ver todas as qualidades da banda, desde as composições passando pelos instrumentistas e terminando na execução da demo.

"Ready to Rise" mostra os dois lados do Rising, o primeiro pela música The "Seeds of Darkness", heavy metal oitentista estilo Iron Maiden e/ou Savatage, com leves toques de melódico como o do Gamma Ray e/ou Stratovarius.

A segunda música, auto-intitulada, "Rising", é mais melódica, e com grandes quebradas de ritmo por parte dos guitarristas e do baterista. A apresentação de "Ready to Rise" está perfeita, pela capa e pela gravação, que não devem nada aos olhos e ouvidos dos que a tem em mãos. O que pode melhorar é a escolha do vocalista, não que a participação de Armando Rocha esteja ruim, mas demora um pouco para acostumar-se com o estilo do vocalista. O Rising tem tudo para lançar o seu primeiro CD, desde que as músicas estejam na mesma linha, é claro.

Contatos: (11) 49948367 (c/ Fernando), (11) 96538365 (c/ Eduardo), evalentin@uol.com.br




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Rising"


História do rock: Sexo bizarro, drogas, mortes e outros boatosHistória do rock
Sexo bizarro, drogas, mortes e outros boatos

Excessos: como os rockstars gastam os seus milhõesExcessos
Como os rockstars gastam os seus milhões

De AC/DC a ZZ Top: Origens dos nomes de bandas e artistas de rockDe AC/DC a ZZ Top
Origens dos nomes de bandas e artistas de rock

Influências: Folk Metal e Música CeltaInfluências
Folk Metal e Música Celta

Raimundos: O verdadeiro motivo para a saída de Rodolfo da bandaRaimundos
O verdadeiro motivo para a saída de Rodolfo da banda

Scott Weiland: Dave Mustaine deu conselhos para o falecido cantorScott Weiland
Dave Mustaine deu conselhos para o falecido cantor

Ozzy Osbourne: Born Again é o melhor disco do Sabbath após a formação originalOzzy Osbourne
"Born Again é o melhor disco do Sabbath após a formação original"


Sobre Paulo Finatto Jr.

Reside em Porto Alegre (RS). Nascido em 1985. Depois de três anos cursando Engenharia Química, seguiu a sua verdadeira vocação, e atualmente é aluno do curso de Jornalismo. Colorado de coração, curte heavy metal desde seus onze anos e colabora com o Whiplash! desde 2000, quando tinha apenas quinze anos. Fanático por bandas como Iron Maiden, Helloween e Nightwish, hoje tem uma visão mais eclética do mundo do rock. Foi o responsável pelo extinto site de metal brasileiro, o Brazil Metal Law, e já colaborou algumas vezes com a revista Rock Brigade.

Mais informações sobre Paulo Finatto Jr.

Mais matérias de Paulo Finatto Jr. no Whiplash.Net.