Resenha - Pride of Lions - Pride of Lions

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 10


O projeto Pride of Lions é a união de Jim Peterik (ex-Survivor - IT'S THE EEEEYYEEEEEEEE OF THE TIGER!!!!) com o Dj Toby Hitchcock, que na infância era um discípulo confesso de Frank Sinatra. Chegando ao seu terceiro cd, a banda investe no que ambos sabem fazer melhor. O Hard Rock com pitadas pop, como o Survivor fez com maestria nos anos 70 e 80.

Manowar: A vida real e nada épica dos Reis do Metal?Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conhecia

E realmente os caras mandam bem: "It's Criminal", que abre o cd, é puro hard rock anos 80, só que mais pesado e com belas intervenções de guitarra. O tipo de som que quem amou o hard rock oitentista iria se sentir feliz de ouvir de novo. Como em todo bom cd de hard, algumas baladas se fazem presentes: "Gone" (que poderia estar em uma novela fácilmente), a suave "Interrupted Melody". Para quebrar esse momento mais calmo, um AOR de respeito com "Sound of Home", que cede lugar a mais uma balada: "Prideland".

Nesta eu me questiono: não estamos com excesso de baladas neste cd? Sim, estamos. Mas todas são extremamente bem feitas e com um senso de beleza e requinte maravilhoso. E quando os caras resolvem jogar pesado eles mostram a garra dos bons rockeiros, como em "Unbreakable" (com belos "riffs") e a contagiante "Torn to Me". O AOR se faz presente em pérolas como "Love is on the Rocks" (título meio óbvio, mas tudo bem) e na belíssima "Muic and Me" (de longe o melhor momento da dupla), que encerra o cd.

Claro que este cd lembraria em muito a obra do Survivor, pois um de seus condutores foi parte inportante da banda, mas não há nada melhor que ouvir um hard bem feito, que não tem medo de ser saudosista e nos lembrar o quão legais foram os anos 80. Obrigatório!!!

Site Oficial: http://www.aprideoflions.com

Material Cedido Por:

Wet Music
http://www.wetmusic.com.br
wetmusic@uol.com.br
São Paulo (SP)


Outras resenhas de Pride of Lions - Pride of Lions

Resenha - Pride Of Lions - Pride Of Lions




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Pride Of Lions"


Manowar: A vida real e nada épica dos Reis do Metal?Manowar
A vida real e nada épica dos Reis do Metal?

Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conheciaBlack Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia

Motorhead: a dieta que mantinha Lemmy jovem e viçosoMotorhead
A dieta que mantinha Lemmy jovem e viçoso

Slipknot: Corey explica as nojentas desvantagens das máscarasSlipknot
Corey explica as nojentas desvantagens das máscaras

Loudwire: as dez melhores bandas da era GrungeLoudwire
As dez melhores bandas da era Grunge

Ozzy Osbourne: a última conversa com Lemmy KilmisterOzzy Osbourne
A última conversa com Lemmy Kilmister

Bruce Dickinson: quanto melhor o músico, maior chance de criar coisas sem almaBruce Dickinson
Quanto melhor o músico, maior chance de criar coisas sem alma


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.