Resenha - Classic Diamonds - Doro Pesch

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 4


Querida Doro,

Foram tantos discos de ouro,
Pensei que encontraria mais um tesouro.

Porém me decepcionei,
Com "Classic Diamonds",
Muitas lágrimas derramei.

Ao ouvir o seu canto,
Caí em pranto.
Um dia foi D'ouro,
Agora um besouro.

Até te entendo,
Fugindo da condenação,
Na orquestra buscou a salvação,

Como nem ela adiantou,
A sentença se anunciou,
É hora de largar o roque hein rou.

Persistente você lutou,
Procurou outra opção;
Em "Breaking The Law",
Ao lado do grande anão,
Mas nem Udo Dirkschneider deu solução.

Um repertório de baladas,
Totalmente infundadas.
Nem sua beleza inabalada,
Impede-me de dar no som uma porrada.

Com doze músicas como essas,
Prezada Pesch,
Todo o seu sucesso padece,
Aqui ou em Bangladesh.

Assim como os leitores do Whiplash!,
Sofrendo com esta rima,
Digo-lhe,
Vai ver se eu estou na esquina.

Site Oficial - http://www.doropesch.com

Lançado no exterior pela AFM Records - 2004




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Doro Pesch"


Em 25/05/1998: Doro lança o álbum Love Me In BlackEm 04/08/1991: Doro lança o álbum True At Heart

Doro Pesch: Heavy Metal para mim significa liberdadeDoro Pesch
"Heavy Metal para mim significa liberdade"

Doro Pesch: Warrel Dane era muito, muito talentoso, diz cantoraDoro Pesch
Warrel Dane era "muito, muito talentoso", diz cantora


Malmsteen: Slash, Vai, Satriani e Wylde falam do guitarristaMalmsteen
Slash, Vai, Satriani e Wylde falam do guitarrista

Rob Halford: Ninguém escolhe ser GayRob Halford
"Ninguém escolhe ser Gay"


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336