Matérias Mais Lidas

imagemRegis Tadeu e os cinco grandes vocalistas que o mundo do Rock não dá valor

imagemJô Soares comprou uma obra de arte do Rock por causa do Regis Tadeu

imagemA música do Metallica que James não queria apresentar aos outros integrantes

imagemFãs detonam produção do Knotfest após anúncio do Pantera

imagemA melhor música de heavy metal lançada a cada ano desde 1970, em lista do Loudwire

imagemO carinhoso jeito de Axl Rose se desculpar com sua equipe pelo seu jeito imprevisível

imagemDez músicas de outros estilos que ganharam ótimas versões rock/metal - Parte I

imagemAngra e Shaman, Edu Falaschi fala sobre a treta que havia entre as bandas

imagemAmy Lee surpreende ao escolher os melhores cantores (e cantoras) de todos os tempos

imagemDee Snider diz que faliu na década de 1990 e fingia ser outra pessoa

imagemFilme que conta a história de Dio será exibido nos cinemas em setembro

imagemDiretora de escola censurada por pais por foto com camisa do Iron Maiden se arrepende

imagemA música do Raul Seixas com erro gramatical que parece um plágio mas é uma homenagem

imagemPor que som do Angra não era novidade em 1993, segundo Alex Holzwarth

imagemFrank Zappa surpreende ao eleger seus dez álbuns favoritos


Stamp
2022/07/09

Resenha - Despertar - Arttéria

Por Rafael Carnovale
Em 10/08/04

Nota: 7

Os paulistanos do Arttéria trazem para nós um puro petardo do rock brazuca. É sempre bom ouvir bandas que ainda apostam no rock cantado em português, ainda mais com apoio do Ministério da Cultura, pela Lei de Incentivo a Cultura. A banda apresenta suas fortes influências de Legião Urbana, em 13 músicas bem executadas.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

"Despertar" é um bom rock-pop, movido a guitarras simples, mas bem executadas. Já "Fortaleza-Paraíso" é mais pop, com boas intervenções acústicas, assim como "Homem Invisível". Já "Noite para Pensar" tem um "que" de "blues", que é comprometida pelo vocal gritado de Erik Castro, que não se encaixa bem na levada da música.

Apesar desse pequeno deslize, a banda é muito interessante. O peso-mas-nem-tanto de "Sono Profundo" soa legal, assim como a rockeira "Amnésia" (a melhor do cd, com uma levada que contagia, duvido que você não fique com "Tava voltando prá casa quando a Amnésia me pegou" na cabeça). Outros momentos interessantes são "Dani", outra bem rockeira, quase "country" em alguns momentos, e a bela balada "Sonhos de Uma Noite Triste", que encerra o cd. Uma banda competente, que conta com a participação especial de Paulo Zinner (Golpe de Estado) em "Quartzo Rosa".

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Um cd interessante, recomendado para fãs do velho rock brazuca. Fãs de Legião irão curtir adoidado. Mas a banda tem personalidade e um bom futuro pela frente. Parabéns.

Line Up:
Erik Castro – Vocal
Ricardo Blane – Baixo
Daniel de Souza – Bateria
Zé Ruivo – Teclados
Fábio Levatti – Guitarras

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

2022/08/18


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Kiss: como foi demitir Eric Carr em seu leito de morte

O Whiplash.Net protege algumas bandas e prejudica outras?


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale.