Resenha - Ritual Factory - MCM

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Você chega em casa e pensa: "vou ligar para dois amigos e ver se eles topam montar projeto musical que amplie nossos horizontes". Não só fica com a idéia em mente, como a coloca em prática, e, velhos conhecidos topam. O anúncio oficial de que estão trabalhando juntos é feito e uma semana depois, sendo que vocês ainda nem gravaram uma música sequer, surge alguém propondo nome para o grupo e shows na Cidade do México. Poxa, nada mal hein? Vida assim eu também quero.

Planno D: 10 coisas que irritam metaleiros (vídeo)Astros mortos: como estariam alguns se ainda estivessem vivos?

O fator que dá lógica a toda essa história que até então soa como um conto de fadas é a simples troca, no parágrafo acima, do "você" por Alex Masi, e a revelação dos nomes de seus companheiros, Randy Coven e John Macaluso. Ah, agora tá entendido. É fácil dar tiro no escuro com um trio desses.

Após as apresentações no México, onde improvisaram muito, os três mestres em seus instrumentos decidiram que deveriam mesmo gravar algo com o nome MCM, e daí surgiu "Ritual Factory".

As vezes parece um disco ao vivo, tocado na hora, em músicas compostas enquanto executadas. E não duvido que isso tenha acontecido mesmo. Improvisação de altíssima qualidade e Masi na melhor fase de sua carreira, inspirado imensamente pela música de Shawn Lane, o que fica claro em "Sadhu's Jewel" (elementos de instrumentais Indianos), "Ghost In My House" e "Dream Of Little Ground Fire". Composições que ressoam o clássico maior de Lane, "Powers Of Ten".

A dupla do Ark dá o seu espetáculo tradicional. O baixo de Randy Coven vigoroso como sempre e Macaluso em marcações precisas, quebradas fantásticas.

Além de dez músicas do MCM, há também uma versão fiel a "Black Market" do Weather Report. Um ótimo CD de jazz rock, fusion, do qual ressalvas só podem ser feitas em relação a alguns timbres de Masi e à produção. Para fãs de Shawn Lane, Ark, e Richie Kotzen da era "Inner Galactic Fusion Experience".

Site Oficial - http://www.alexmasi.net

Alex Masi (Guitarras)
Randy Coven (Baixo)
John Macaluso (Bateria)

Material cedido por:
Lion Music - http://www.lionmusic.com
Box 19 Godby 22 411
Aland FINLAND
Email: info@lionmusic.com
Fax - 35818 41551


Outras resenhas de Ritual Factory - MCM

Resenha - Ritual Factory - MCM




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "MCM"


Planno D: 10 coisas que irritam metaleiros (vídeo)Planno D
10 coisas que irritam metaleiros (vídeo)

Astros mortos: como estariam alguns se ainda estivessem vivos?Astros mortos
Como estariam alguns se ainda estivessem vivos?


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336