Matérias Mais Lidas

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemSérgio Moro elege banda clássica de Rock como sua favorita

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemBruce Dickinson revela qual é sua música preferida do Iron Maiden

imagemNova Fã que descobriu Metallica por Stranger Things quer cancelar banda e reúne provas

imagemTommy Lee postou uma foto com o "Dr. Feelgood" de fora

imagemRock in Rio libera ingressos extras e novamente dia do metal é único que não esgota

imagemSteve Perry revela o motivo ter recusado substituir Dave Lee Roth no Van Halen

imagemO hit da Legião que Renato Russo compôs para Cássia Eller e traz coincidência trágica

imagemJoão Gordo se reencontra com o amigo Iggor Cavalera; "Agora falta zerar com o vovô"

imagemA opinião de Brian May sobre Lemmy Kilmister e o Motörhead

imagemA reação de Jimi Hendrix ao assistir King Crimson ao vivo

imagemGordo diz que atualizou termos politicamente incorretos após puxão de orelha de filha

imagemIron Maiden e o Rock in Rio: em detalhes, o que exatamente a banda pediu para o evento

imagemOzzy Osbourne revela de qual de seus álbuns Lemmy Kilmister mais gostava


Dream Theater 2022

Resenha - Ink Compatible - Spastic Ink

Por Daniel Dutra
Em 20/05/04

Meu amigo, que disco maravilhoso é o segundo do Spastic Ink, Ink Compatible! Para quem não sabe, a banda é liderada pelo guitarrista Ron Jarzomback (Watchtower) e conta com seu irmão, Bobby Jarzombeck (Painmuseum, ex-Halford), na bateria; Pete Perez (Riot) no baixo; e Jason McMaster (Dangerous Toys) nos vocais. Se alguém não tem idéia do que se trata, posso resumir dizendo que é um dos trabalhos mais insanos que ouvi nos últimos anos, mas indicado apenas a quem gosta de virtuosismo a serviço da boa música.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Muita gente dirá que é auto-indulgente, mas antes toda auto-indulgência fosse assim. As nove músicas do CD são de tirar o fôlego não apenas pela ténica apurada dos músicos, mas sim porque são composições de raro bom gosto. Méritos para Ron, que escreveu tudo sozinho, mas também para o time que o acompanha, incluindo os convidados especiais. O que dizer de um disco que começa com o som de um modem em acesso discado? A loucura tem ínicio com a maravilhosa Aquanet.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

É música para poucos, sem dúvida, mas todos felizardos. Uma quebradeira infernal na bateria - Bobby surpreende quem o conhece apenas dos trabalhos com Rob Halford - em meio a convenções insanas e com uma influência de Frank Zappa à flor da pele. Impossível resistir às mudanças de andamento, como o trecho funk durante o solo de Perez, e ao que Ron faz nas seis cordas. O cara toca uma barbaridade, sim, mas toca bonito. Além disso, o tecladista Jens Johansson felizmente relembra seus momentos com Allan Holdsworth e Mike Stern, não com o Stratovarius.

Em Just a Little Bit, os riffs e o andamento mais pesado evidenciam o vocal de McMaster, que nem de longe lembra a época em que tentou ser um novo Axl Rose. Além de Perez mandar ver no groove, predicado necessário a qualquer baixista, Ron nos brinda com um solo de tirar o fôlego. Os solos arrasadores, aliás, continuam em Words for Nerds, que tem a cozinha formada por Ray Riendeau (baixo, ex-Halford) e David Penna (bateria, Static), o tecladista David Bagsby (Xen) brilhando em duelos e um solo de baixo fretless de Michael Manrig, num dos momentos mais bonitos do disco.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Uma das mais esquisitas de Ink Compatible, a ótima Melissa's Friend encaixou-se perfeitamente na voz de Daniel Gildenlow, líder do ótimo Pain of Salvation. A excelente Read Me - com Doug Keyser (Watchtower) no baixo e Penna novamente nas baquetas - apresenta passagens clássicas, enquanto Multi-Masking é outro grande destaque com os duelos de Ron com Johansson e Jimmy Pitts (The Fractured Dimension) nos teclados. Em In Memory of..., o baixista Sean Malone retribuiu a participação de Ron no primeiro disco de seu Gordian Knot, contribuindo para um instrumental sensacional. A faixa é uma quase balada e, digamos assim, a mair normal de todas.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

A Chaotic Realization of Nothing Yet Misunderstood é uma pérola de 12min11s, com a maior influência de rock progressivo (tradicional) em todo o disco. É intrincada, complexa e admirável como todas as outras, trazendo um recurso utilziado com maestria pelos músicos - mudar o andamento acelerando e dimuindo o ritmo da música. Além disso, traz Jeff Eber (Dysrhythmia) na bateria e nada mais, nada menos que Marty Friedman (ex-Megadeth) colocando um belo solo.

Composta para ser trilha de uma animação com um rato, a curta e frenética The Cereal Mouse parece ter saído de um disco de Steve Vai, mas é simplesmente mais um exemplo da influência de Zappa no Spastic Ink. Come bem disse Mike Portnoy, batera do Dream Theater, no release: "Preparem-se para ter seus cérebros derretidos". Ink Compatible é arrasador!

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Nota: 9,5

Site: www.spasticink.com

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Van Halen: o constrangedor encontro de Eddie com o Nirvana

A importância da revista Playboy na vida de alguns rockstars