Resenha - Antidote - Moonspell

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


"Butterfly Effect" de fato foi um cd controverso na carreira desta talentosa banda portuguesa, que por sinal começou investindo muito no metal extremo e depois acabou pondo um pé no gótico. A sonoridade mais "moderna" do cd não foi bem recebida por muitos e a banda acabou voltando ao gótico no cd seguinte, "Darkness and Hope". Agora este novo "Antidote" vem para colocar o Moonspell em seu devido lugar, mas que lugar. E seria esse o antídoto do qual a banda precisava?

Em 03/11/2017: Moonspell lançava o álbum 1755Refrãos: alguns dos mais marcantes do Rock/Metal

"In and Above Men" mostra de início que a banda continua firme nos passos do metal gótico, com um vocal mais agressivo do que o de costume, e passagens aonde os resquícios de elementos eletrônicos ainda aparecem, mas em menor escala. O mesmo pode ser dito de "From Loving Skies" e "As We Eternally Sleep on It", com uma boa introdução (show da bateria e do baixo) e um vocal mais melódico, quase falado. A banda pisa firme no gótico em faixas como a excelente "Everything Invaded" (uma das mais pesadas), "Antidote" (com uma levada lenta e acústica que a deixa extremamente cativante) e a bela "Lunar Still" (uma balada magnífica, aonde o talento do vocalista Fernando Ribeiro e de toda a banda atinge seu ápice).

Algumas faixas flertam com o metal como "The Southern Death Style", "Capricorn At Her Feet" e a interessantíssima e candenciada "A Walk in the Dark Side" além da excelente "Crystal Gazing" (que belo instrumental), mas o cd prima por um bom gothic-metal com boas influências de metal tradicional, hard (pode acreditar) e alguns elementos eletrônicos muito bem colocados.

A performance da banda segue magistral, cumprindo com perfeição o objetivo de voltar-se para o gótico, incorporando outros elementos para dar um clima especial. Não posso dizer que se trata do melhor cd dos mesmos, pois estaria sendo injusto com clássicos como "Wolfheart", mas que a banda acertou em cheio isso sim acertou, num cd cuja audição em nenhum momento se torna cansativa. Confira sem medo.

Site oficial: http://www.moonspell.com

Material Cedido por:
Century Media Brasil
http://www.centurymedia.com.br




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Moonspell"


Em 03/11/2017: Moonspell lançava o álbum 1755

História: o terremoto de 1755 que inspirou o MoonspellHistória
O terremoto de 1755 que inspirou o Moonspell

Moonspell: anunciada extensa tour pela Europa junto com Rotting Christ

Moonspell: Satã é apenas um grande símboloMoonspell
"Satã é apenas um grande símbolo"

História: o terremoto de 1755 que inspirou o MoonspellHistória
O terremoto de 1755 que inspirou o Moonspell


Refrãos: alguns dos mais marcantes do Rock/MetalRefrãos
Alguns dos mais marcantes do Rock/Metal

Guns N' Roses: o código na capa de The Spaghetti IncidentGuns N' Roses
O código na capa de The Spaghetti Incident


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336