Resenha - WWIII - KMFDM

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar Correções  

9


Quem quer presentear Phil Anselmo com o novo álbum do KMFDM? Garanto a vocês, em termos de atitude, essa seria a resposta ideal para o Superjoint Ritual e suas letras pútridas proferidas em "A Lethal Dose Of American Hatred". Sascha Konietzko adota uma filosofia oposta à do ex-Pantera, e o diferencial a seu favor é o conhecimento de causa para falar e escrever. Não é apenas mais uma revoltinha de rebelde sem "calça".

publicidade

"WWIII" é, além de tudo, um dos melhores discos já lançados pelo KMFDM ao longo de seus vinte anos de história. Consciente liricamente, pesado no instrumental. Um petardo destes pioneiros do rock industrial.

As guitarras aparecem como nunca, em possantes riffs, sempre agressivos pela união com os sintetizadores, a bateria e o baixo. Também surgem surpreendentes solos como o da faixa-título e de "Last Things".

publicidade

Os vocais demonstram a maturidade adquirida por eles. O experiente Raymond Watts balanceando suas vocalizações repletas de efeitos, e Lucia Cifarelli suave e, igualmente, combativa e enérgica, dando show quando assume as vozes principais.

Autocrítica, humor, engajamento político e musicalidade notável dão a "WWIII" a certeza de constar entre os dez melhores lançamentos de 2003.

publicidade

Site Oficial: http://www.kmfdm.net

Formação:
Sascha Konietzko (Vocais - Teclados/Sintetizadores - Bateria)
Raymond Watts (Vocais)
Lucia Cifarelli (Vocais)
Joolz Hodgson (Guitarra)
Steve White (Guitarra)
Bill Rieflin (Baixo)
Andy Selway (Bateria)

Material cedido por:
Sanctuary Records Group - http://www.sanctuaryrecordsgroup.co.uk
Email: [email protected]

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Sgt. Peppers: O mais importante disco da história?Sgt. Peppers
O mais importante disco da história?

Heavy Metal: cinco discos necessários dos anos setentaHeavy Metal
Cinco discos necessários dos anos setenta


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin