Resenha - Thickskin - Skid Row

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Ninguém poderia imaginar que o Skid Row conseguiria dar a volta por cima e retornar as atividades após a separação ocorrida em 1996. A saída de Sebastian Bach e Rob Affuso foi um dano difícil de ser reparado. Pois Bach, apesar de ser um dos mais marrentos "frontmans" do rock mundial, era dotado de um gogó potentíssimo e Rob era exímio baterista. Mas o Skid Row remanescente não desistiu. Recrutou Phil Varone para a bateria e o desconhecido Johnny Solinger para os vocais. A banda voltou a ativa em 1999, abrindo shows para o Kiss em sua turnê "Alive Worldwide Tour" e permaneceu excursionando constantemente até 2002, quando finalmente deram início a gravação do sucessor do criticado "Subhuman Race" (1995). "Thickskin" é o retorno da banda ao estúdio e antes de tudo um sopro de esperança para aqueles que consideravam a banda morta.

Skid Row: "as pessoas pensam que estamos quebrados", diz Rachel BolanMalmsteen: Slash, Vai, Satriani e Wylde falam do guitarrista

"New Generation" é a prova viva de que a banda ainda tem muita lenha para queimar. Mesclando o tradicional estilo hard pesadão com elementos punk, o Skid Row se re-inventa, mas mantendo sua fidelidade. "Ghost" é o tradicional Skid Row de sempre, com um dedo no pop-rock, assim como "Swallow Me (The Real You)". Johnny se mostra um bom vocalista, mas compara-lo a Sebastian Bach seria um erro gravíssimo, já que ambos têm estilos diferentes, com Johnny apostando muito mais nos tons graves.

Este cd no fundo traz todos os elementos que o Skid Row já utilizou em seus cd's mesclando com algumas passagens punk, pop, e grunge, como nas melódicas "Born a Beggar", "See you around" (uma das baladas mais legais que a banda já compôs), "One Light" (aonde Johnny mostra seu talento nos vocais mais graves e suaves, soando quase como Eddie Vedder em algumas passagens).

Já o lado mais agressivo comparece em faixas como "Thick is the Skin" (primeiro single e que poderia muito bem estar em "Slave to the Grind") a pesadíssima e speed "Hittin a Wall" (show coletivo da banda, principalmente de Varone) e nas cadenciadas "Mouth of Vodoo" e "Lamb" (que lembra bem Alice in Chains, com o baixo de Rachel Bolan em evidência). O único ponto negativo ficou para a versão poppy-punk de "I remember You Two", que não soou legal, principalmente nos vocais, que ficaram bem fracos, se comparados a versão original (nesse caso a comparação é inevitável).

A banda continua talentosa como sempre. O baixo de Rachel Bolan e as guitarras de Dave "Snake" Sabo e Scott Hill continuam afiadas e os novos integrantes são competentes. Um bom retorno. Vale a compra. Se bem que as chances deste cd sair no Brasil são remotas, por ser totalmente independente.

Site oficial: http://www.skidrow.com

Lançado em 2003 pela Skid Row/World Sound Records.


Outras resenhas de Thickskin - Skid Row

Skid Row: Entenda que a vida segue sem Sebastian BachResenha - Thickskin - Skid Row




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Skid Row"


Skid Row: as pessoas pensam que estamos quebrados, diz Rachel BolanSkid Row
"as pessoas pensam que estamos quebrados", diz Rachel Bolan

Skid Row: veja Sebastian Bach tocando debut na íntegra em show nos EUASkid Row
Veja Sebastian Bach tocando debut na íntegra em show nos EUA

Bon Jovi: Primórdios, New Jersey e as Tretas com Axl Rose e Sebastian Bach (vídeo)Bon Jovi
Primórdios, New Jersey e as Tretas com Axl Rose e Sebastian Bach (vídeo)

Skid Row: baterista original toca "Makin' A Mess" junto com Sebastian Bach; veja

Metallica, Guns e Skid Row: parceria inusitada em 1990Metallica, Guns e Skid Row
Parceria inusitada em 1990

Skid Row: vocalista rebate declarações de Sebastian BachSkid Row
Vocalista rebate declarações de Sebastian Bach


Malmsteen: Slash, Vai, Satriani e Wylde falam do guitarristaMalmsteen
Slash, Vai, Satriani e Wylde falam do guitarrista

Rob Halford: Ninguém escolhe ser GayRob Halford
"Ninguém escolhe ser Gay"


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

adClioIL