Resenha - Never Let the Bastards Wear You Down - Dee Snider

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 10


Dee Snider é sempre lembrado como o eterno vocalista do Lendário Twisted Sister. Mas muitos se esquecem de que no período que a banda ficou inativa (1988-2002), o mesmo se manteve firme e forte no seu desejo de fazer rock and roll. Mesmo com projetos frustrados por gravadoras (Desperado) e o Widowmaker, que tinha uma sonoridade extremamente agressiva, Dee continuou firme e ativo. No ano 2000, juntou alguns músicos conhecidos, entre eles o baterista do Twisted Sister, AJ Pero, e gravou este cd solo, "Never Let the Bastards Wear You Down".

Twisted Sister: Dee Snider critica NFL por relegar bandas de MetalPlágio ou coincidência: trechos semelhantes no rock/metal

O cd remete aos bons tempos do Twisted Sister combinado com a potência sonora do Widowmaker. "Hardcore" é o típico rock pesadão (dedicado a Lemmy, integrante do Motorhead) com guitarras pulsantes e o vocal forte de Dee. Já "Call My Name" e "One Voice Will Be Heard" poderiam muito bem ser gravadas pelo Twisted Sister, tamanha a qualidade. São rocks cativantes, com bons riffs, tipicamente colados no rock anos 80 e com Dee cantando como sempre. Já rocks mais acelerados como "Isn't It Time" e "Desperado" cativam logo por serem rápidos e rasteiros.

O cd também investe em sons mais cadenciados, como nas pesadas "The Wanderer" e na cadenciada (e candidata a melhor do cd) "Sometimes You Win". Há baladas, como a melódica "Cry You a Rainbow" e a semi-pesada "Ride Through the Storm" e um rockão tipicamente anos 50, o belo "Uh Uuh Uuh". Difícil apontar destaques, pois o cd é perfeito do começo ao fim.

Na época, Dee Snider estava tocando músicas do Twisted Sister com a banda Sick Muther Fuckers (SMF), e em 2001 o Twisted Sister começaria a dar sinais de seu retorno a ativa, que se concretizou no ano passado. Este disco ficou meio ofuscado pelos acontecimentos, mas alguém teve a abençoada idéia de lança-lo em território brasileiro agora que o Twisted Sister está arrebentando nos palcos pelo mundo. Uma prova do porque desta banda ter que ainda estar na ativa.... COMPRE!

Site oficial: http://www.deesnider.com

Line Up:
Dee Snider - Vocais
AJ Pero - Bateria
Derek Carter - Baixo
Tony Palmucci - Guitarras
Dan McCafferty - Guitarras

Lançado Originalmente em 2000, lançamento em 2003 pela SUM RECORDS.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Dee Snider"


Twisted Sister: Dee Snider critica NFL por relegar bandas de MetalTwisted Sister
Dee Snider critica NFL por relegar bandas de Metal

Twisted Sister: fisicamente, Dee Snider não consegue mais fazer o que faziaTwisted Sister
Fisicamente, Dee Snider não consegue mais fazer o que fazia

Dee Snider: questionando veracidade do Heroin Diaries, de Nikki SixxDee Snider
Questionando veracidade do "Heroin Diaries", de Nikki Sixx


Plágio ou coincidência: trechos semelhantes no rock/metalPlágio ou coincidência
Trechos semelhantes no rock/metal

Uruca: Os 9 mais azarados da história do RockUruca
Os 9 mais azarados da história do Rock


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336