Resenha - Sentido da Vida - Stauros

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Maurício Gomes Angelo
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


“O Sentido da Vida” é um álbum histórico para o cenário white metal nacional, por ser considerado o primeiro lançamento do gênero em terras brasileiras. Foi o que projetou o grupo nacionalmente e os tornou um dos maiores do estilo. Ganharam uma porrada de prêmios com este cd, melhores letras e um dos maiores destaques na Metal Mission Mag. “Novo Dia” tocou em todas as rádios evangélicas do país. Enfim, justo reconhecimento.
5000 acessosVanessa Frehley: amor sem limites ao Kiss5000 acessosPearl Jam: banda tenta tocar Rush em homenagem a Geddy Lee mas desiste

Trazendo como destaque maior o ótimo, mas ótimo mesmo Celso de Freyn no vocal, dono de um dos agudos mais insanos do metal brasileiro, e o velocíssimo Renatinho na guitarra, contando ainda com o ótimo entrosamento entre os outros integrantes, o Stauros mostra um grande som neste trabalho. Riffs em profusão, solos monstruosos, vocal perfeito, letras recheadas de criatividade e inteligência, peso agradável aos ouvidos, tudo isso você encontra em “Guerra Final”, “Multidão”, “Viagem pro Céu” e “Pacto com Deus”. “Portais Eternos” e “Preço da Liberdade” quase não podem ser consideradas baladas, tamanho o impacto da pegada e o peso dos arranjos, mas são menos bombásticas que suas companheiras. “Novo Dia” já é uma balada tradicional, essa sim bem calma e cadenciada, mas que em nenhum momento soa piegas e exagerada, bastante agradável e emocionante.

“Toda Dor” é um destaque à parte. Maior clássico do Stauros, tem a combinação perfeita entre partes calmas e acústicas e outras pesadas e energéticas. Ouvir Celso repetindo o refrão é de um prazer e empolgação inexplicáveis, isso fora o seu agudo soberbo.

Renatinho mostra toda sua velocidade e técnica em “The Moment”, dois minutos de guitarra seca num show de sua parte, instrumental excelente e que impressiona a todos, impossível de esquecer.

O único porém do cd é sua produção que não é lá essa maravilha, mas diante de um espetáculo como esse você não vai nem se importar.

Um cd marcante, empolgante e inesquecível do início ao fim.

O white metal brasileiro agradece.

Line Up:
Celso (vocal)
Renatinho (guitarra)
Alessandro (guitarra)
Vênancio (baixo)
Alê (bateria)

Site Oficial: http:// www.stauros.com.br

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Stauros"

Rock CristãoRock Cristão
Alguns dos principais discos nacionais do gênero

Rock CristãoRock Cristão
As principais bandas nacionais

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Stauros"

Collectors RoomCollectors Room
Uma coleção impressionante de ítens do Kiss

Pearl JamPearl Jam
Banda tenta tocar Rush em homenagem a Geddy Lee mas desiste

Sexo AnalSexo Anal
Saiba onde encontrar esse prazer no Rock

5000 acessosEm 07/07/1990: Morre Cazuza, por complicações decorrentes da AIDS5000 acessosLemmy Kilmister: A opinião da lenda sobre Sharon Osbourne e Iron Maiden5000 acessosMetal Extremo: algumas bandas que você precisa ouvir5000 acessosMegadeth: "Gar Samuelson tornou Peace Sells um clássico"5000 acessosMotorhead: funeral de Lemmy está disponível na íntegra no Youtube5000 acessosGhost: Papa é acusado de tentar fazer banda virar carreira solo

Sobre Maurício Gomes Angelo

Jornalista. Escreve sobre cultura pop (e não pop), política, economia, literatura e artigos em várias áreas desde 2003. Fundador da Revista Movin' Up (www.revistamovinup.com) e da revrbr (www.revrbr.com), agência de comunicação digital. Começou a escrever para o Whiplash! em 2004 e passou também pela revista Roadie Crew.

Mais matérias de Maurício Gomes Angelo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online