Matérias Mais Lidas

imagemPaul Di'Anno detona Regis Tadeu após vídeo em que critica seu encontro com Iron Maiden

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemComo era a problemática relação do Angra no "Aurora Consurgens", segundo produtor

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemStjepan Juras retruca comentário de Regis Tadeu sobre reencontro de Di'Anno e Harris

imagemA banda de forró que uniu Nenhum de Nós, Legião, Titãs e Paralamas na mesma música

imagemMorre Andy Fletcher, tecladista e membro fundador da banda Depeche Mode

imagemZakk Wylde relembra ídolo: "tão relevante quanto Bach, Beethoven e Mozart"

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"

imagemA apaixonada opinião de Elton John sobre "Nothing Else Matters", clássico do Metallica

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemMorre Alan White, baterista do Yes e que gravou a clássica "Imagine", de John Lennon

imagemIron Maiden: Bruce fala sobre groupies; "parei de transar com elas quando me apaixonei"


Stamp

Resenha - Ao Vivo - 10 Anos Sem Perder o Gás - Tubaína

Por Guilherme Vignini
Em 22/02/03

Nota: 8

É difícil algum roqueiro de São Paulo, que freqüenta ou freqüentou o underground paulista nos últimos 10 anos, não ter ouvido falar no "Tubaína do Demônio". Recordo-me de ter encontrado á 1ª demo na Galeria do Rock á séculos atrás. Chamou-me atenção além do nome (formidável!!!) o encarte (tinha um mapa do Brasil com o mapa de São Paulo, pra cima era Paraíba, pra baixo Paraguai) e as letras como "De Queluz Eu Não Passo" (Queluz é a última cidade paulista antes de entrar no Estado do Rio de Janeiro). Esse humor totalmente politicamente incorreto me fez gargalhar muito.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

A banda nem sequer tinha baterista, se apresentavam com o auxílio de bateria eletrônica nos barzinho como o Black Jack ou até no finado Aeroanta, sempre levando muito público. A banda era na verdade a dupla Paulo "Mancha" e "Bife". Faziam um humor bastante paulista, pra quem conhece Premeditando o Breque e Língua de Trapo. Com a saída de "Bife" a banda perdeu o "...do Demônio" do nome e ganhou novos integrantes. Lançaram dois cd’s e agora nos brindam com esse álbum ao vivo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Apesar da gravação tosquíssima, é bem legal ouvir músicas como "O Diabo é Português", "Deus e o Diabo em Sorocaba" "Nem", "Biribol" e outras pérolas. muito engraçado!! As letras são muito engraçadas e divertidas e inteligentes, é quase impossível de se ouvir sem dar algumas risadas.

Engraçado também é "War for Birigui", um thrash tirando o sarro do Sepultura com a letra de "Batatinha Quando Nasce" e "Atirei o Pau no Gato" em inglês. A apresentação da banda também é imperdível. Uma bobeira atrás da outra.

A comparação com os "Mamonas Assassinas" é pertinente, mas injustificada, já que eles são bem mais velhos que os Mamonas e o som também é bem diferente.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

É óbvio que esse tipo de som é divertido e engraçado da primeira vez que se escuta, e que é preciso um pouco de paciência para agüentar a precariedade da gravação. E acho difícil ouvir mais de duas vezes a mesma piada, mas é ótimo saber que a banda está ainda na ativa, destilando seu humor totalmente politicamente incorreto.

Se você quer conhecer mais sobre essa banda, visite www.tubaina.com.br ou vá em algum show da banda. Pode não acrescentar muito no seu "currículo musical" mas com certeza você irá se divertir.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Câncer na língua: entenda a doença de Bruce Dickinson