Resenha - Supa Red - Supa Red

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar Correções  

8


Podemos afirmar de cara que este cd é cercado de expectativas, e motivos para tal não faltam. Afinal Michael Kiske, o frontman que gravou os eternos "Keppers of the Seven Keys" com o Helloween está finalmente montando uma banda, após dois cd’s solo, o bom "Instant Clarity" (aonde ele flertou com pop-rock-metal) e o confuso "Readness to Sacrifice". Após um grande hiato, Michi acabou reaparecendo com participações especiais em cd’s como Avantasia, "Land of the Free" do Gamma Ray, e "Hymm to Life" de Timo Tolkki. Ambos mostraram que a voz continua a mesma, mas os cabelos...

publicidade

De longe "Supa Red" pode ser considerado como o trabalho solo mais consistente de Michael Kiske. Com uma banda que, se não possui nenhum destaque, se mostra correta e eficiente, Michi investe no estilo que sempre definiu como o que realmente queria fazer: rock calçado no pop. Faixas como a pesadinha "Reconsider" e "Let’s Be Heroes" são exemplos típicos, com riffs simples porém coerentes, e com Michi cantando mais contido, usando de alguns efeitos, mas com a voz que sempre lhe foi peculiar. Já faixas como "Can I Know How" e "Freak Away" de início lembram muito o rock-pop de "Instant Clarity".

publicidade

A banda também investe em ritmos mais chegados ao grunge, como na pesada "Hey" (que lembra de longe Alice in Chains) e as faixas "A Bit of Her" e "Breakpoints of No Return" (que lembra o ritmo mais lento e arrastado que o Pearl Jam pratica eficientemente). Ambas são interessantes, mas só isso.

Há algumas surpresas também como a pop ao extremo "Hackneyed" (com um ritmo gostoso de se ouvir) e as acústicas "That’s Why" e "Overrated", aonde Michi abusa de sua versatilidade vocal e a banda mostra que é simples, mas competente.

publicidade

Um cd sem grandes destaques, mas que merece mérito por demonstrar uma nova face de uma das maiores vozes do metal germânico, que agora prefere outras praias. Se seu lance é ouvir um disco desencanado e sem pretensões de soar como clássico, Supa Red é a pedida.

Line Up:
Michael Kiske – Vocais, Guitarras
Sandro Gampietro – Guitarras
Aldo Harris – Baixo
Jurgen Spiegel – Bateria

publicidade

Site oficial: http://www.supared.de

Lançado pela Century Media Records Latina




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Heavy Metal: as 10 introduções mais matadoras do estiloHeavy Metal
As 10 introduções mais matadoras do estilo

James Hetfield: O equilíbrio entre Metallica e vida familiarJames Hetfield
O equilíbrio entre Metallica e vida familiar


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin