Resenha - Diamonds On The Inside - Ben Harper

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Simas
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 10


O que falar de Ben Harper? Talvez a maior promessa da música mundial que apareceu nos últimos tempos? Um próximo Bob Marley? Um próximo Bob Dylan? Talvez... A verdade é que Harper se destaca hoje como o melhor que a música pode oferecer. Suas músicas cheias de feeling, cheias de raiva, de amor, de revolta, ..., fazem uma mistura de sentimentos emocionante e contagiante, onde cada acorde, cada nota, traz uma característica, uma vontade, um porquê.

Surfing Rockers: várias bandas em documentário sobre surf para 2020Milho Wonka: quem são os Posers do Rock hoje em dia?

Indo do rock ao folk, do reggae ao funk, Ben Harper se dá bem em todos estilos, desfilando personalidade e originalidade em todas 14 faixas do CD. É impressionante o dinamismo e a criatividade contidos nas suas composições. "Diamonds in the Inside" continua a trajetória deste grande artista, iniciada anos atrás com o álbum "Welcome To The Cruel World". As letras continuam impecáveis, desde críticas a sociedade, algumas de cunho religioso e outras de momentos vividos pelo cantor, sempre encarando os vários lados (positivos e negativos) da vida e de suas emoções.

"With My Own Two Hands" (o novo single) é a música que abre o disco e talvez seja a primeira música totalmente reggae presente em um CD de Ben Harper. Um hino para as futuras gerações.

"When it's Good" segue o padrão de "Homeless Child" do disco "The Will To Live".

"Diamonds On The Inside" é a música que dá nome ao CD e traz melodias excelentes e bem acessíveis, fazendo esta um provável "hit".

"Touch From Your Lust" e "When She Believes" trazem cargas pesadas de feeling que, só pela interpretação vocal de Harper, já valeriam o CD. Emocionante.

"Brown Eyed Blues" e "Bring The Funk" chegam na parte Funk do CD, com instrumental impecável e um show a parte do baixista Juan Nelson.

"Everything" é uma música alegre que entra no momento certo e abre espaço para "Amen Omen", que também emociona. O que esse cara pensa cantando isso??? Inacreditável! Maravilhoso!!

Se alguém ainda estiver vivo pode continuar ouvindo este "Diamonds in the Inside" e chegar na rock'n'roll "Temporary Remedy", completamente setentista com as clássicas guitarras que marcaram músicas como "Ground on Down" (do disco "Fight For Your Mind"). Ela é o "esquenta" para "So High So Low", a mais pesada do CD, com um riff de fazer qualquer ser vivo bater a cabeça. Fico imaginando o que vai ser disso nos shows... ARRRRGGGGH!

"Blessed To Be A Witness", "Picture Of Jesus" e "She's Only Happy In The Sun" fecham esta obra-prima de uma maneira apoteótica, belíssima e como sempre emocionante, fazendo com que este "Diamonds in the Inside" seja indispensável (assim como os CDs anteriores) para qualquer pessoa que ame a música acima de tudo.

Compre, ouça e se emocione.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Ben Harper"


Surfing Rockers: várias bandas em documentário sobre surf para 2020

Milho Wonka: quem são os Posers do Rock hoje em dia?Milho Wonka
Quem são os Posers do Rock hoje em dia?

Teoria da Conspiração: Slipknot troca membros em shows ao vivo?Teoria da Conspiração
Slipknot troca membros em shows ao vivo?

Heavy Metal: as 10 capas mais de macho de todos os temposHeavy Metal
As 10 capas mais "de macho" de todos os tempos

Milho Wonka: quem são os Posers do Rock hoje em dia?Milho Wonka
Quem são os Posers do Rock hoje em dia?

Teoria da Conspiração: Slipknot troca membros em shows ao vivo?Teoria da Conspiração
Slipknot troca membros em shows ao vivo?

Guns N' Roses: as duas mulheres que conduziram a reuniãoGuns N' Roses
As duas mulheres que conduziram a reunião

Testament: Hetfield é o músico mais influente da geraçãoTestament
"Hetfield é o músico mais influente da geração"


Sobre Rodrigo Simas

Designer, carioca e tricolor. Começou a ouvir música aos 11 anos, com Iron Maiden, Metallica e Rush. Tem como hobby quase profissional, a música. Além de produzir shows e eventos, trabalhou por 5 anos em loja especializada em Heavy Metal, e já escreveu para alguns sites e revistas de música. Hoje escuta de tudo um pouco, e cada vez mais descobre que existem apenas dois tipos de música: a boa e a ruim, independente do estilo. Bandas e artistas favoritos: Dave Matthews Band, Peter Gabriel, Rush, Iron Maiden, Led Zeppelin, Ben Harper, Radiohead, System of a Down... e a lista continua...

Mais informações sobre Rodrigo Simas

Mais matérias de Rodrigo Simas no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336