Resenha - Tribute to the Four Horsemen - Metallica

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Sílvio Costa
Enviar Correções  


O Metallica é provavelmente a banda mais influente da segunda metade dos anos 80. Para provar isto, a Nuclear Blast reuniu bandas dos mais variados estilos num tributo ao mesmo tempo simpático, mas pouco empolgante. De início, uma matadora versão de "Seek & Destroy" executada com perfeição pelos alemães do Primal Fear, com o devido destaque para os vocais perfeitos de Ralph Scheepers e o baixo afiado de Matt Sinner. Por falar em Matt Sinner, ele ainda volta neste álbum, desta vez com o Sinner em uma execução também impecável de "Wherever I May Roam".

publicidade

Algumas versões acabaram soando um pouco mais "quentes" que as originais. É o caso do In Flames, que deu vida nova à complexa "The Eye of the Beholder" ou mesmo do Dark Tranquility, que fez um ótimo trabalho com "My Friend of Misery". A lindíssima versão gótica que o Crematory fez para a já belíssima balada "One" é a maior surpresa deste disco.
Entretanto, nem tudo é perfeito e, como em todo álbum deste tipo, alguns equívocos se fazem sentir. O Anthrax e o Primus soam completamente deslocados em meio a uma avalanche de bandas européias (portanto, com sonoridades mais próximas umas das outras). O Sonata Arctica não consegue empolgar com sua versão de "Fade to Black". Além destes, o Apocalyptica aparece com uma manjada versão de "Harvester of Sorrow", presente no primeiro álbum da banda.

publicidade

Voltando a falar de coisas boas, deixei o melhor para o final. Trata-se de uma matadora versão de "Whiplash" levada a cabo pela máquina thrash chamada Destruction. Simplesmente a melhor do disco.

Como todo tributo, há algumas surpresas agradáveis, outras nem tanto. Na dúvida, prefira sempre os originais, tanto em se tratando da banda "homenageada" quanto das que lhe prestam tributo.

publicidade


Outras resenhas de Tribute to the Four Horsemen - Metallica

Resenha - Tribute To The Four Horsemen - Metallica




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Artillery: veterana banda thrash lança single com cover do Metallica

Metallica: Kirk Hammett escreveu músicas pra car**** durante pandemiaMetallica
Kirk Hammett escreveu "músicas pra car****" durante pandemia

Lista: e se os álbuns fossem lançados com a ordem das faixas invertida?Lista
E se os álbuns fossem lançados com a ordem das faixas invertida?

Lista: grandes discos (e outros mais ou menos) que completarão 25 anos em 2021Lista
Grandes discos (e outros mais ou menos) que completarão 25 anos em 2021

Lista: músicas que farão 30 anos em 2021 (e você nem percebeu)Lista
Músicas que farão 30 anos em 2021 (e você nem percebeu)

Lista: músicas extremamente irritantes do rock e do heavy metalLista
Músicas extremamente irritantes do rock e do heavy metal

Metallica: banda transmitirá ao vivo show beneficente acústicoMetallica
Banda transmitirá ao vivo show beneficente acústico

Metallica: quando a banda tocou Van Halen ao vivoMetallica
Quando a banda tocou Van Halen ao vivo

Metal Hammer: os 50 melhores álbuns de estreia da históriaMetal Hammer
Os 50 melhores álbuns de estreia da história

Metal: as 66 melhores músicas do século, segundo o LoudwireMetal
As 66 melhores músicas do século, segundo o Loudwire


Metallica: Kirk conta qual sua música nova favorita para tocarMetallica
Kirk conta qual sua música nova favorita para tocar

Metallica: baixista do Primus relembra teste em 1986Metallica
Baixista do Primus relembra teste em 1986


Di'Anno: Harris é como Hitler e o Maiden é entediante!Di'Anno
"Harris é como Hitler e o Maiden é entediante!"

Raul Seixas: Por trás da letra de Carimbador MalucoRaul Seixas
Por trás da letra de "Carimbador Maluco"


Sobre Sílvio Costa

Formado em Direito e tentando novos caminhos agora no curso de História, Sílvio Costa é fanzineiro desde 1994. Começou a colaborar com o Whiplash postando reviews como usuário, mas com o tempo foi tomando gosto por escrever e espera um dia aprender como se faz isso. Já colaborou com algumas revistas e sites especializados em rock e heavy metal, mas tem o Whiplash no coração (sem demagogia, mas quem sabe assim o JPA me manda mais promos...). Amante de heavy metal há 15 anos, gosta de ser qualificado como eclético, mesmo que isto signifique ter que ouvir um pouco de Poison para diminuir o zumbido no ouvido depois de altas doses de metal extremo.

Mais matérias de Sílvio Costa no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin