Resenha - Entropy - All Too Human

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


"Forever And A Day" foi um grande álbum de estréia e com certeza poderíamos esperar bastante do All Too Human. No entanto, posso dizer que, particularmente ao menos, a expectativa criada não alcançava algo como "Entropy", que aparece como uma prova concreta de um metal progressivo eficiente e inteligente.

Jared Leto: a reação ao se ver no papel do CoringaGuitar Hero: veja como o jogo desgraçou uma geração inteira

É incrível como esses caras estão, até hoje, sem gravadora. Pelo visto eles nem precisam tanto, pois em dois trabalhos independentes, se saíram muitíssimo bem.

Infelizmente alguns pontos decaem pela questão de estrutura e dinheiro propriamente dito, que uma empresa pode conceder ao grupo. O encarte não recebe aquele capricho merecido e a produção deixa rastros de "poderia ser melhor", apesar de boa.

A musicalidade supre as carências persistentes, e o nome de Derek Sherinian foi realmente uma opção oportuna e altamente adequada para as composições. Nem parecia convidado especial que gravou na Califórnia enquanto os outros membros realizaram suas partes no Texas. O tecladista dá a impressão de total integração ao All Too Human e colabora com a sincrônica e impressionante combinação dos instrumentos.

Mesmo com um vocalista bom tecnicamente, mas ausente em termos de interpretação, a banda se destaca com "Entropy", "The Jester", "Seven Deadly Sins" e a anormal instrumental "Arrhythmia". Aliás, o nome já diz bem sobre a música. Coisa de outro planeta.

Poucas vezes vi e ouvi tanto talento e profissionalismo atuando juntos. Minha constatação é somente o natural e óbvio, e os que ainda não perceberam isso e curtem o gênero progressivo têm duas opções: ou é surdo ou trouxa.

Formação:

Don DuZan (Vocais)
Clint Wilson (Guitarras)
Maurice Taylor (Baixo)
Chris Lucci (Bateria - Percussão)
Derek Sherinian (convidado especial - Teclados)

Site Oficial - http://www.alltoohuman.com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "All Too Human"


Jared Leto: a reação ao se ver no papel do CoringaJared Leto
A reação ao se ver no papel do Coringa

Guitar Hero: veja como o jogo desgraçou uma geração inteiraGuitar Hero
Veja como o jogo desgraçou uma geração inteira

Ultimate Classic Rock: os 100 maiores clássicos do rockUltimate Classic Rock
Os 100 maiores clássicos do rock

Pantera: o surreal e constrangedor funeral de Dimebag DarrellPantera
O surreal e constrangedor funeral de Dimebag Darrell

Poeira: Rockstars e as bandas que eles sonhavam fazer partePoeira
Rockstars e as bandas que eles sonhavam fazer parte

John Lennon: ele não foi um bom pai, diz filhoJohn Lennon
"ele não foi um bom pai", diz filho

Malmsteen: Slash, Vai, Satriani e Wylde falam do guitarristaMalmsteen
Slash, Vai, Satriani e Wylde falam do guitarrista


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.