Resenha - From The Ashes... - Arena Age

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Drustan
Enviar Correções  

8


Everton Acosta (guitarra)

Josh Santanna (vocal)
Vinicius Dal'Pozzo (baixo)
Juliano Santanna (bateria)

publicidade

site: www.arenaband.com.br

Como o mundo é pequeno, não? Ao me deparar com uma matéria sobre o underground gaúcho na Rock Brigade, de autoria de meu colega de equipe Paulo Finatto Jr. (alô Paulo!), uma das coisas que mais me chamou atenção foi o fato de haver uma banda chamada Arena... pensei comigo: "logo, logo os caras vão ter de mudar este nome, pois como se não bastasse a banda homônima do tecladista Clive Nolan (Pendragon), ainda por cima há uma outra aqui mesmo no Brasil, que pratica uma espécie de "rock progressivo cristão"...

publicidade

E não é que o CD veio parar em minhas mãos? E para comprovar meus dotes nostradâmicos, fico sabendo que no final do ano de 2001 mudaram o nome da banda para ARENA AGE; porém, no caso deste CD em questão, gravado em 2000, a banda ainda adota o nome antigo - embora já estejam trabalhando em seu segundo álbum, que pretendem lançar ainda em 2002.

publicidade

A considerar o esmero com que fizeram este primeiro registro, com certeza teremos mais um bom trabalho desta banda gaúcha, pois o que nos apresentam trata-se de um Heavy direto como um soco no estômago, com bastante influências do Pantera na época do "Cowboys From Hell", e com passagens inspiradas nos antigos trabalhos do Sepultura e do Metallica - inclusive em alguns momentos o vocal lembra um bocado o de James Hetfield.

publicidade

Há também um leve toque do chamado "Thrash atual" - Machine Head e Slayer (os dois últimos); aliás, um detalhe: particularmente não concordo muito com esta expressão, pois para mim, "Thrash" era o que o Kreator e o Metallica faziam em meados da década de 80 - mas se todo mundo usa este nome, quem sou eu para discordar?

A produção no geral é boa, embora às vezes a mixagem passe a impressão de ter diminuído um pouco o peso das guitarras e do baixo, mas nada que comprometa o trabalho.

publicidade

Nas palavras do batera: "Este problema que nós tivemos com o nome nos motivou ainda mais a trabalharmos na busca da nossa própria identidade, o que está refletindo diretamente nas composições do nosso novo CD. A nossa preocupação maior sempre foi ter originalidade em tudo que fazemos. Nosso trabalho está sempre ligado a um conceito e idéia como um todo. O ARENA AGE, como todos vão poder comprovar, é original e único.

publicidade

Original e único? Bem, não posso endossar o que disse Juliano baseado apenas neste CD que tenho em mãos, pois realmente há uma série de influências já citadas que são facilmente perceptíveis nas composições; entretanto, a banda têm um potencial muito grande, e se souberem burilar isto com carinho, têm tudo para se tornar um dos grandes do Metal brazuca!

publicidade

Faixas:
- Arena
- Father Country, Mother Nation
- Destiny's Joke
- Life
- Dead Grey
- At The Same Time
- Epitaph
- Dilemma
- From The Ashes...
total time: 41:12




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Top 5 Pantera: About.com elege os cinco melhores álbuns da bandaTop 5 Pantera
About.com elege os cinco melhores álbuns da banda

Raimundos: Me Lambe é a única música cuja letra tem um problema, diz CanissoRaimundos
"Me Lambe" é a única música cuja letra tem um problema, diz Canisso


Sobre Drustan

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin