Matérias Mais Lidas

imagemPaul Di'Anno detona Regis Tadeu após vídeo em que critica seu encontro com Iron Maiden

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemMorre Andy Fletcher, tecladista e membro fundador da banda Depeche Mode

imagemStjepan Juras retruca comentário de Regis Tadeu sobre reencontro de Di'Anno e Harris

imagemA banda de forró que uniu Nenhum de Nós, Legião, Titãs e Paralamas na mesma música

imagemA apaixonada opinião de Elton John sobre "Nothing Else Matters", clássico do Metallica

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemZakk Wylde relembra ídolo: "tão relevante quanto Bach, Beethoven e Mozart"

imagemComo era a problemática relação do Angra no "Aurora Consurgens", segundo produtor

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"

imagemMorre Alan White, baterista do Yes e que gravou a clássica "Imagine", de John Lennon

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi


Resenha - Rossini's Rape - Great Kat

Por Thiago Sarkis
Em 20/11/01

Nota: 1

Auto proclamada deusa da guitarra, violinista e compositora genial, Great Kat vem se revelando na verdade, uma deusa do marketing. Seus lançamentos, que não possuem mais de dez minutos e saem por sete dólares em média, expõem fotos de forte apelo sexual e deixam figuras antológicas como Rossini e Vivaldi, em posições vexatórias. O resultado disso são boas vendas e um pano de fundo essencial para encobrir a baixa qualidade da moça.

Em seu novo trabalho, "Rossini’s Rape" (o estrupo de Rossini), Great Kat vai ao extremo da baixaria, tão apelativa quanto o "axé bunda baiano", e da mesma forma, com musicalidade a um nível bem questionável.

Ao todo são quatro faixas curtíssimas, compostas por instrumentos ultra rápidos e sonoridade horrorosa. Violino e guitarra embolando freqüentemente nas interpretações de composições clássicas, e se somando a gritos patéticos nas músicas próprias.

A bisca até que mostra qualidades em "Castration", mas é pouco para compensar os estragos causados pela péssima "Sodomize" e as fracas versões para obras de Rossini e Bazzini.

Great Kat podia se dedicar à produção de filmes eróticos sado masoquistas, e largar o mercado musical em paz. Se com seis minutos de "música" já é insuportável, imagine se ela resolve lançar um álbum longo, com uma hora de duração e mais faixas. Saravá, cruz credo, bate na madeira, reza pra Deus, Diabo, ou o que for.

Site Oficial – http://www.greatkat.com

The Great Kat (Guitarras, Vocais, Gritos, Violino & Viola)
Jeff Ingegno (Baixo)
Lionel Cordew (Bateria)

Material cedido por:
Blood And Guts Music – http://www.greatkat.com
775 Park Ave., Suite #222
Huntington, New York 11743 - USA
Kat Hotline: 1-800-KAT-9199 / (631) 549-7575
Email: [email protected]

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Death Metal: menina de 6 anos detona no America's Got Talent


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis.