Matérias Mais Lidas

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemSentado em cadeira de rodas, Paul Di'Anno faz primeiro show em sete anos

imagemRoger Daltrey revela a música "amaldiçoada" que o The Who não toca mais ao vivo

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemOzzy Osbourne diz que está bem aos 73 anos, mas sabe que sua hora vai chegar

imagemAndre Matos sempre foi de esquerda e reprovaria governo atual, diz irmão do maestro

imagemDo Ozzy ao Slayer: veja os momentos mais metal do desenho South Park

imagemAngra: Quantos shows seguidos a voz aguenta sem restrições? Fabio Lione responde

imagemSyd Barrett em 1967 analisando os principais singles lançados em julho

imagemLars Ulrich diz que shows do Metallica na América do Sul foram incríveis

imagemA visão de Arnaldo Antunes sobre sua timidez no período da adolescência

imagemDaniel Cavanagh, do Anathema, sobrevive a tentativa de suicídio

imagemOzzy Osbourne dá sua opinião sobre o streaming e dispara contra Spotify; "É uma piada"

imagemComo CDs e MP3s decepcionaram Jimmy Page

imagemKiko Loureiro defende surgimento de banda que seria "Greta Van Fleet do Iron Maiden"


Stamp

Resenha - Broken Dreams - Triarchy

Por Ben Ami Scopinho
Em 17/07/05

Nota: 10

A história do Triarchy começa no Ceará em 2001, onde passaram por algumas naturais trocas de formação ao longo dos anos, se estabilizando com Juliana Hernandes (voz), Pablo Castelar (voz), Yuri Leite (guitarra), André França (baixo), Luciana Gifoni (teclado) e Alísio Meneses (bateria).

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

O curioso é que este estado nordestino é conhecido pelas suas belas praias, temperatura elevada e população alto-astral, sendo um ambiente bastante improvável para uma banda executar o mais puro gothic metal. E, mesmo assim, o Triarchy apresenta um CD-demo com uma das melhores produções - feita totalmente no Brasil - que já passou pelas minhas mãos, com músicas que não ficam devendo absolutamente nada para as grandes estrelas deste gênero.

Musicalmente, as duas excelentes faixas de "Broken Dreams" apresentam aquela beleza melancólica aliada à distorção característica do Heavy Metal, elementos atmosféricos e sinfônicos, bom gosto na colocação de coros e os duetos entre voz masculina e feminina já característicos deste estilo. A performance de todos os músicos ficou excelente, devendo ser citado a belíssima voz de Juliana e o bom gosto de Pablo, que faz as vozes limpas e guturais, tudo com bastante equilíbrio.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Sinceramente, é impossível que alguma gravadora não perceba o potencial do Triarchy e não estude a possibilidade de fornecer apoio à banda para a gravação e distribuição de seu debut. "Broken Dreams" prova que a banda tem competência de sobra. E, se por alguma infelicidade as gravadoras acharem que este sexteto não se encaixa em seus padrões de qualidade a ponto de ignorá-los, peço ao Triarchy que não desanime, pois o tempo sempre mostra resultados aos que persistem. Parabéns pelo ótimo trabalho!

Contatos:
[email protected]
http://www.triarchy.com.br

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

TRIARCHY - Broken Dreams
(2005 – CD-demo)
01. Broken Dreams
02. Emotional Daze

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.