Resenha - Warmth In The Wilderness - A Tribute To Jason Becker

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar Correções  

10


Já faz um bom tempo que a onda de tributos começou. Quase todos esses discos vieram no mesmo formato caça-níquel, com diversas bandas, variando entre boas e ridículas interpretações, procurando divulgar seu nome através de dedicatórias a músicos que mal conhecem. No entanto, para nossa felicidade, ainda existe gente que coloca a música à frente dos interesses financeiros e consegue, por fim, realizar excelentes trabalhos como esse tributo a Jason Becker.

Andre Matos: "Fui praticamente coagido a ser vocal do Viper!"

Cenografia: os pedestais mais bizarros do Rock e Metal

Em um projeto audacioso, a gravadora Lion Music moveu a comunidade musical na busca de artistas dispostos a participar, sem nenhum retorno financeiro, de uma homenagem a Jason Becker, um dos maiores guitarristas da história, que vem sofrendo com a doença de Lou Gehrig há doze anos. A resposta foi extremamente positiva e o resultado é um dos elencos mais sensacionais já vistos com participações de músicos como Paul Gilbert, Marty Friedman, Barry Sparks, Chris Poland, Steve Morse, Vinnie Moore, Jeff Watson, Mark Boals, Mike Chlasciak, Jeff Pilson, Jonathan Mover, Anders Johansson e os irmãos Gregg e Matt Bissonette.

São trinta e uma faixas, divididas em dois CDs que abordam toda a carreira de Jason, incluindo Cacophony, David Lee Roth, e os álbuns solo. Além disso, há algumas composições e ‘jams’ dedicadas ao lendário guitarrista. Em destaque a versão de Paul Gilbert para "Hawking", música gravada por Todd Rundgren, que fala exatamente sobre a doença de Becker.

Os fãs poderão checar ótimas interpretações e momentos preciosos como as atuações do baterista Anders Johansson e do baixista Jeff Pilson que se desdobraram e tocaram todos os instrumentos em "Primal" e "Becker’s Bolero", respectivamente.

O trabalho feito na capa e no encarte é fenomenal. Além de magníficos gráficos, declarações de vários artistas, uma breve biografia e detalhes minuciosos sobre cada gravação há algumas fotos e mensagens emocionantes de Jason Becker capazes de sensibilizar até aqueles que não o conhecem.

Para completar, todo o dinheiro arrecadado com a venda do álbum será doado pela Lion Music à família do músico. Parabéns à gravadora e àqueles que participaram deste projeto sensacional. Que sirva de exemplo.

Material cedido por:
Lion Music - http://www.lionmusic.com
Box 19
Godby 22 411
Aland
FINLAND
Email: [email protected]
Fax - 35818 41551

Site Oficial – http://www.lionmusic.com/jasonbecker/jasonbecker.htm




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Guitarras: as 15 músicas mais complicadas para tocarGuitarras
As 15 músicas mais complicadas para tocar

Jason Becker: Eu tenho amor à vidaJason Becker
"Eu tenho amor à vida"


Andre Matos: Fui praticamente coagido a ser vocal do Viper!Andre Matos
"Fui praticamente coagido a ser vocal do Viper!"

Cenografia: os pedestais mais bizarros do Rock e MetalCenografia
Os pedestais mais bizarros do Rock e Metal


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin