Resenha - Seja Bem Vindo - Dazaranha

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Simas
Enviar Correções  

9


A banda de Florianópolis relança seu primeiro CD, remasterizado, com mais 5 faixas bônus: "Cubo", "Tsé Tsé", "Mário César", e as duas que foram regravadas, "Novos Ditados" e "Galheta".

publicidade

Se comparado com o segundo CD, "Tribo da Lua", este primeiro mostra um som bem mais pesado, com riffs de guitarra que beiram o heavy metal, como na maravilhosa "Shau Pais Baptiston" ou como no início de "Mamica".

O som do Dazaranha é uma mistura que vai desde rock, reagge até a mpb, fazendo muito uso da percussão. Muitas das músicas relatam acontecimentos da ilha de Florianópolis, sempre contados nas letras "malucas" , mas excelentes, que rendem frases no mínimo interessantes como "Na geometria desse mundo me disseram que sou quadrado, mas eu sou triangular, ou quem sabe circular".

publicidade

A banda toda é muito boa, e Fernando, no violino, dá uma aula no instrumento, com melodias e solos perfeitos. Gazu, vocalista, se encaixa muito bem no estilo do Dazaranha, e além de cantar bem, tem muita personalidade com um estilo bem próprio de cantar.

Falar de destaques nas músicas é impossível, mas vale uma conferida nas já citadas e também nas ótimas "Muralha Branca", "Novos ditados" e própria "Seja Bem Vindo".

publicidade

A banda é formada por Adauto (baixo), Adriano (bateria), Francisco (guitarra solo), Fernando (violino), Moriel (guitarra base e compositor) e Gazu nos vocais. Se estiver viajando por Santa Catarina não esqueça de passar por Florianópolis, e quando estiver lá, procure algum show do Dazaranha, é imperdível!

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Separados no nascimento: Geddy Lee e Marquito do RatinhoSeparados no nascimento
Geddy Lee e Marquito do Ratinho

Álbuns: os vinte piores discos de todos os temposÁlbuns
Os vinte piores discos de todos os tempos


Sobre Rodrigo Simas

Designer, carioca e tricolor. Começou a ouvir música aos 11 anos, com Iron Maiden, Metallica e Rush. Tem como hobby quase profissional, a música. Além de produzir shows e eventos, trabalhou por 5 anos em loja especializada em Heavy Metal, e já escreveu para alguns sites e revistas de música. Hoje escuta de tudo um pouco, e cada vez mais descobre que existem apenas dois tipos de música: a boa e a ruim, independente do estilo. Bandas e artistas favoritos: Dave Matthews Band, Peter Gabriel, Rush, Iron Maiden, Led Zeppelin, Ben Harper, Radiohead, System of a Down... e a lista continua...

Mais informações sobre Rodrigo Simas

Mais matérias de Rodrigo Simas no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin