Resenha - In The Name Of Mozart - Alex Masi

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando De Santis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 10


Não tão famoso aqui no Brasil, o guitarrista italiano, Alex Masi decidiu gravar três discos, homenageando, os três maiores compositores de todos os tempos: Bach, Mozart e Beethoven. No álbum em questão, "In The Name Of Mozart", Alex toca algumas das obras de Mozart no violão... e é de arrepiar!

Iron Maiden: Rachel Sheherazade é uma grande fã da bandaMr Catra: Uma lista das suas maiores influências no rock (vídeo)

Meio complicado fazer um review falando de composições de Mozart, afinal, são obras primas, todas se destacam de forma igual. "Allegro From Eine Kleine Nachtmusik K.525", abre o disco e já deixa o ouvinte de queixo caído. Essa é uma das composições mais "populares" de Mozart e Alex Masi a interpreta apenas no violão, com uma habilidade fora do comum. O curioso é que nessa e em outras faixas, o som que se escuta é apenas do violão e nada mais, e mesmo assim, não fica um "buraco" ao fundo. "Romanza From Eine Kleine Nactmusik K.525" também é outra composição muito famosa e tocada apenas no violão. Em "Allegro C maj. K.545" a velocidade fala mais alto. Virtuosismo no limite e um show de técnica e domínio do instrumento. Alex sobe e desce escalas numa velocidade fora do comum.

"Guitar (piano) Concerto # 24 C min. K.491" é a única faixa que não conta apenas com o som do violão impecável de Alex. Nessa composição, a Orquestra Sinfônica de Stuttgart, conduzida por Emil Kahn, o acompanha. São quase 10 minutos de pura música clássica. "Rondo'a la Turca A maj K.331" é outra composição popular, de Wolfgang Amadeus Mozart, que foi muito bem executada por Alex. O álbum ainda conta com "Andante K.545" e "Thema with 12 Variations D maj K.284".

Alex Masi conseguiu interpretar Mozart de forma ímpar no violão, mostrando ter uma técnica muito apurada nas seis cordas. Poucos têm a capacidade (ou até mesmo coragem) de interpretar obras de Mozart assim, com apenas um instrumento, pois parece dar uma sensação de vulnerabilidade ao músico. Para quem curte boa música, é CD obrigatório na prateleira.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Alex Masi"


Iron Maiden: Rachel Sheherazade é uma grande fã da bandaIron Maiden
Rachel Sheherazade é uma grande fã da banda

Mr Catra: Uma lista das suas maiores influências no rock (vídeo)Mr Catra
Uma lista das suas maiores influências no rock (vídeo)

Influências: Folk Metal e Música CeltaInfluências
Folk Metal e Música Celta

Mötley Crüe: a ousada tattoo de modelo paulista em tributo à bandaMötley Crüe
A ousada tattoo de modelo paulista em tributo à banda

Pra convencer: dez álbuns de metal para quem não gosta de metalPra convencer
Dez álbuns de metal para quem não gosta de metal

Rush: Geddy Lee fala sobre evolução e hits da bandaRush
Geddy Lee fala sobre evolução e hits da banda

The Clash: banda é dona da melhor fotografia da história do Rock?The Clash
Banda é dona da melhor fotografia da história do Rock?


Sobre Fernando De Santis

Paulistano, nascido em 1979, Fernando De Santis passa grande parte do seu tempo viajando entre São Paulo, Santos e Curitiba. Nas horas de viagens dentro de ônibus ou aviões, costuma ouvir Hard Rock, Heavy Metal e demos de qualquer estilo. Atualmente trabalha como webdesigner para o Estado de São Paulo. Mantém o site "We Burn", dedicado ao Helloween desde 1998, que nunca lhe trouxe nenhum dinheiro, mas rendeu muito amigos.

Mais informações sobre Fernando De Santis

Mais matérias de Fernando De Santis no Whiplash.Net.