Resenha - Monument - Wounded

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


A Cold Blood Industries é uma gravadora em crescimento constante, que vem obtendo expressivo êxito em suas escolhas. Entre as bandas de seu elenco, está esse belíssimo The Wounded, com um metal gótico bem executado, completo e abarrotado por referências diversas dentro dessa linha determinada. Coisa de quem conhece afio o estilo e o degusta como poucos.

Loudwire: as dez melhores bandas da era GrungeFotos de Infância: Gene Simmons, do Kiss

Com todo respeito às mulheres, ultimamente quando falamos em gótico já se imagina pelo menos uma saia (não sendo a kilt dos escoceses) no meio de um bando de cueca. Estes holandeses fazem diferente e deixam Marco V.D Velde encarregado de todos os vocais. O resultado é bom, pois o cara interpreta regularmente, e executa bem as variações doloridas e exaltadas, de acordo com o que as letras "pedem".

Ao citar as influências, o adequado seria começar por The Cure, mesmo que o som aqui seja mais pesado. O Pink Floyd também aparece, principalmente nas introduções, como checamos em "A Dance With The Insane". Por último, a parte mais pedrada com Paradise Lost (de ambas as fases) e Sentenced (em especial da Era pós "Amok").

Os temas iniciais são encantadores. Extremamente tristes e profundos. A seqüência das músicas tende a comprovar essa prenuncia, mas algumas vezes o fundo vai ficando raso, relativamente frio, não tão sentido como anunciado nos primeiros segundos.

É um segundo trabalho excelente, e que pode se dar muito bem no Brasil, assim como o fez em vários cantos do mundo. Ouvidos atentos a estes batavos. Não pegaram a tendência comercial da atualidade, porém merecem reconhecimento e devem receber seu devido valor.

Formação:

Marco V.D Velde (Vocais - Guitarra)
Erwin De Jong (Guitarra)
Jonne Ziengs (Teclados)
Andy Haandrikman (Baixo)
Ralph De Vries (Bateria)

Site Oficial - http://www.the-wounded.nl

Material cedido por:
Cold Blood Industries - http://www.coldbloodindustries.com
P.O. Box 206
9410 AE Beilen
Holland
Fax: +31 (0)593 562 003
Email: info@coldbloodindustries.com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Wounded"


Loudwire: as dez melhores bandas da era GrungeLoudwire
As dez melhores bandas da era Grunge

Fotos de Infância: Gene Simmons, do KissFotos de Infância
Gene Simmons, do Kiss

Mastodon: Brent Hinds diz que Dream Theater é uma banda Gay!Mastodon
Brent Hinds diz que "Dream Theater é uma banda Gay!"

Nightwish: Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãsNightwish
Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãs

Edu Falaschi: o fax com convite de seleção para o Iron MaidenEdu Falaschi
O fax com convite de seleção para o Iron Maiden

John Lennon: ele não foi um bom pai, diz filhoJohn Lennon
"ele não foi um bom pai", diz filho

Malmsteen: Slash, Vai, Satriani e Wylde falam do guitarristaMalmsteen
Slash, Vai, Satriani e Wylde falam do guitarrista


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.