Resenha - Rollercoaster - Gathering

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Simas
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Como o Gathering é uma banda que nunca se repetiu e a cada disco traz mudanças na sua sonoridade , este single é um aperitivo para os fãs e dá uma pequena amostra do que está por vir.

Entrevistas: Coices e tretas entre artista e entrevistadorMetallica: Jason explica o baixo apagado de And Justice For All

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Rollercoaster aparece aqui em uma versão editada. A voz de Anneke continua lá, perfeita, com melodias lembrando muito o disco How to Measure a Planet, porém, com um instrumental mais pesado. A música é excelente e mais uma vez os vocais são o maior destaque, já que a maioria das composições são ideais para Anneke "brincar" com sua voz.

A segunda, Theme From 'The Cyclist' é uma pequena instrumental bem na linha "viajante" que já é uma característica do Gathering.

Leaves aparece aqui em uma versão ao vivo de 96 com a Metropole Orchestra de Amsterdam, e o resultado é bem legal, principalmente nos arranjos.

A última faixa é multimedia e não é nada menos que o clipe da ótima Liberty Bell, single do disco anterior, onde Anneke aperece mais uma vez como centro das atenções.

Agora é esperar para o CD novo e tentar aguentar a ansiedade.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Gathering"


Entrevistas: Coices e tretas entre artista e entrevistadorEntrevistas
Coices e tretas entre artista e entrevistador

Metallica: Jason explica o baixo apagado de And Justice For AllMetallica
Jason explica o baixo apagado de And Justice For All


Sobre Rodrigo Simas

Designer, carioca e tricolor. Começou a ouvir música aos 11 anos, com Iron Maiden, Metallica e Rush. Tem como hobby quase profissional, a música. Além de produzir shows e eventos, trabalhou por 5 anos em loja especializada em Heavy Metal, e já escreveu para alguns sites e revistas de música. Hoje escuta de tudo um pouco, e cada vez mais descobre que existem apenas dois tipos de música: a boa e a ruim, independente do estilo. Bandas e artistas favoritos: Dave Matthews Band, Peter Gabriel, Rush, Iron Maiden, Led Zeppelin, Ben Harper, Radiohead, System of a Down... e a lista continua...

Mais informações sobre Rodrigo Simas

Mais matérias de Rodrigo Simas no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336