Resenha - Crush - Bon Jovi

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Várias bandas que fizeram sucesso nos anos 80, início dos 90, estão voltando a ativa com suas formações originais. Algumas delas retornaram com trabalhos fracos, insatisfatórios. Outras lançaram álbuns fantásticos, inovando e até saindo um pouco de suas características. Para completar, não podiam faltar aqueles grupos que se mantiveram fiéis ao estilo que os consagrou. Este é o caso do Bon Jovi.

Rock Brasileiro: uma lista das 10 maiores bandasMetal Sucks: os melhores álbuns de metal do século 21

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Crush segue a mesma linha de "Slippery When Wet", "New Jersey" e "Keep The Faith". Cheio de baladas saindo do forno, prontas para se tornarem sucessos inesquecíveis para os fãs da banda. Além dessas baladas, temos o bom e velho hard rock do Bon Jovi presente em músicas como "It's My Life", "Just Older" e "One Wild Night". O mais interessante das canções citadas é que elas conseguem manter uma boa qualidade, com simplicidade e harmonias/melodias que rapidamente entram na cabeça das pessoas. Para muitos, isso soa ridículo, meio imbecil. Porém, há de se pensar nas portas que trabalhos como Crush abrem para o retorno definitivo do rock à cena musical. Afinal, não é de um dia para o outro que uma pessoa que está presa a pagode, dance, techno e outros estilos de baixa qualidade, que tocam o dia inteiro em emissoras de rádio e TV, vai passar a ouvir uma música melhor estruturada e mais trabalhada.

Se você perguntar se o álbum é comercial, sem rodeios, te responderei: SIM. É bem comercial. Mas, e daí? O mais importante é que a qualidade não foi deixada de lado.

Para quem sempre gostou de Bon Jovi, é um CD indispensável, pois segue o mesmo estilo dos antigos trabalhos. Para quem não curte muito, meu conselho é: escute, pelo menos algo deste novo álbum. Jon Bon Jovi, Richie Sambora & cia podem não tocar aquilo que você gostaria ouvir e nem serem impressionantes como músicos, mas, no mínimo, são regulares e têm um grande potencial para compor músicas bem agradáveis, que podem re-abrir as portas para o rock.

Formação
Jon Bon Jovi - Vocais
Richie Sambora - Guitarra
David Bryan - Teclado
Tico Torres Bateria
Hugh McDonald - Baixo
Site Oficial: http://www.bonjovi.com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Bon Jovi"


Hair metal: os 50 melhores álbuns de todos os tempos, segundo a Rolling StoneHair metal
Os 50 melhores álbuns de todos os tempos, segundo a Rolling Stone

Golpe Baixo: Bon Jovi no ritmo do Camaro AmareloGolpe Baixo
Bon Jovi no ritmo do "Camaro Amarelo"


Rock Brasileiro: uma lista das 10 maiores bandasRock Brasileiro
Uma lista das 10 maiores bandas

Metal Sucks: os melhores álbuns de metal do século 21Metal Sucks
Os melhores álbuns de metal do século 21


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

adGoo336